21 fevereiro, 2018

Conto Obsessão - Clarice Lispector


Nesse segundo contato com Clarice não entrei em seu mundo com a mesma facilidade que no conto anterior. Me senti perdida num primeiro momento, não entendia nada do que a autora me passava.
Então relaxei, dei uma pausa, e quando voltei foi como se minha mente tivesse sido aberta pra narrativa, captei a ideia, compreendi(acho) sobre o que se tratava a história...

Um conto narrado em primeira pessoa por nossa protagonista, Cristina, que é uma mulher que tem uma vida monótona, vive no marasmo de uma vida vazia.
A história não é linear, já começa revelando seu final, e a partir disso Cristina nos conta como se deu sua trajetória.
Agora que já vivi o meu caso, posso rememorá-lo com mais serenidade. Não tentarei fazer-me perdoar. Tentarei não acusar. Aconteceu simplesmente. pág33
Se casou com Jaime muito nova e viu que sua vida de casada não havia trazido mudanças, vivenciava a mesma situação da casa dos pais: uma vida indiferente, sem objetivos, sem propósito, sem ambição, apática.

Admito que esperava por algum acontecimento trágico de tão angustiante que era perceber como a personagem se sentia desanimada, fraca, triste, melancólica.
Até que ela ficou doente e foi internada numa cada de repouso para se recuperar, e a partir daí, ela começa a despertar.
Ao conhecer Daniel ela reconhece o perigo, mas não resiste, mesmo sendo humilhada ela se entrega em busca de algo diferente. 

Mais um conto atemporal pois aborda um tema atual e recorrente: relacionamento abusivo.

Preciso deixar claro que pra mim não é fácil fazer essas leituras onde o autor explora o consciente de seus personagens, e essa é uma das características de Clarice Lispector, uma narrativa intimista, e foi esse um dos principais motivos para que eu me propusesse esse desafio de conhecer a autora: sair da minha zona de conforto, e está valendo à pena.




19 fevereiro, 2018

Quoteando Todas as Probabilidades do Amor

“O que seria da humanidade se todos fizessem apenas o que deveriam fazer? Jesus deveria ter sido carpinteiro. O que teria acontecido se ele não quebrasse as regras e se tornasse o Filho de Deus?”


Estive nas nuvens pensando e escrevendo sobre a inspiração bem humorada, reflexiva e doce de Rebekah Crane, apresentando quatro histórias estremecidas que buscaram se salvar pela união, então nesse post quero frisar somente mais uma vez que podemos ser ou estar quebradas por conta do acaso ou do destino que cismou de trazer demolições em nosso quadrado... Que seja! Importa que possamos recolher os cacos e seguir sem parar, prosseguir sendo o bem na vida do outro, equilibrando as dores em comum, se dividir em vários abraços e erguer a mão alimentando e orientando o outro ou aquele que mal conhecemos.

15 fevereiro, 2018

Quoteando Sete Minutos Depois da Meia-Noite

“Não seja estúpido – disse para si mesmo – Você está velho demais para acreditar em monstros.”







Uma árvore ou um monstro? O que é mais apavorante? A árvore que se erguer da terra, se tornando um imenso corpo com raciocínio e fala ou os “monstros interiores” que sapateiam por cima das limitações e fraquezas emocionais?


“Você só é jovem uma vez, dizem, mas não demora muito para passar? Mais do que o suportável.” Hilary Mantel, Ah Experiment in Love

12 fevereiro, 2018

Resenha Mate o Próximo

“A mente é uma caixa mágica. Cheia de truques. Ela sempre se vira para te dar um aviso. Também para te dar uma rota de fuga.”
Autor: Federico Axat
Editora: Verus
Páginas: 378


Finalmente tomei fôlego para tentar esmiuçar os fragmentos que ainda se deslocam em minha mente após a leitura de Mate o Próximo. Título pesado, neh? Contudo, acredito que a maior densidade não se encontra no suspense e nas mortes, mas sim no emaranhado de códigos, inúmeras suspeitas e sustos... Tudo arquitetado por uma arma muito mais poderosa, ativa e invencível que é a mente

Afaste receios, sente confortavelmente, respire, expire e leia a resenha! 

09 fevereiro, 2018

Resenha Vango

“Existem pessoas que nos dão vontade de sair navegando para bem longe e, de preferência, por muito tempo.”
Autor: Timothée de Fombelle 
Editora: Melhoramentos
Páginas: 360

07 fevereiro, 2018

Lançamentos Faro Editorial: Fevereiro



Sinopse: Amar e afogar-se com os próprios sentimentos e continuar respirando. Tudo o que acontece aqui dentro é uma seleção de crônicas sobre o amor em seus diversos estágios, sobre aprender com as experiências da vida... trata-se de um tipo de testamento das coisas do coração. É também um romance narrado pelas memórias de quem as viveu, por cartas que deveriam ter sido rasgadas, registros dos sentimentos pessoais de quem revelou bem mais de si que a maioria de todos nós. Uma das coisas mais bonitas é a maneira com que vamos enfeitando a alma enquanto esperamos alguém chegar. "São cartas que escrevi enquanto ainda sentia a ferida arder. Os momentos felizes e os dias em que pensei que não iria aguentar”. Júlio tem um dom. Ele consegue exprimir sobre sentimentos com muita beleza e, ao compartilhar em escritos, permite que nós também possamos nomear o que muitas vezes sentimos e ficamos de algum modo aflitos, por não compreender. É o momento em que o nosso coração encontra a paz. Ele transforma o grito preso nas gargantas em literatura. São linhas que costuram o aprendizado sobre amor com o olhar de uma geração.



Sinopse: E OS HUMANOS DESCOBREM QUE A PIOR DESGRAÇA NÃO SÃO OS ZUMBIS...Vários anos se passaram desde que Uriel, agindo como um tirano, assumiu o controle da maior colônia de sobreviventes do apocalipse zumbi na Terra.Ivan, Estela e quase todos os seus aliados estão mortos. Do grupo original, apenas Isabel, Mariana e alguns poucos conseguiram escapar de Ilhabela. E a cada dia, a fome de poder de Uriel e de seu filho, Otávio, aumenta, tornando a vida dos sobreviventes ainda mais penosa. O trabalho escravo se torna a regra. A cobrança de mais e mais tributos e a imprevisibilidade do poder central mantêm todos em constante alerta.Otávio, que passou anos realizando pesquisas médicas, finalmente consegue um meio de controlar os bersekers, os zumbis monstruosos, transformando-os em cães de caça. É a sua forma de assegurar a permanência no comando da comunidade, mas também de destruir, pelo medo, qualquer intenção de resistência. Então, ele produz algo ainda pior, uma criatura feroz e diabólica com o poder de destruição em massa.Há muito em jogo. O governo central ainda considera Isabel uma grande ameaça, seja viva, ou morta-viva, o que poderia transformá-la numa nova Senhora dos Mortos. Mas, duas crianças chamam a atenção de Isabel que decide prepará-las para batalhas ainda mais sangrentas. Serão elas a esperança para o fim daquela era de medo e destruição?A derradeira batalha está para começar, mas os inimigos, humanos e zumbis, também têm suas surpresas. Sejam bem-vindos a uma nova era de horror e violência. Esta é... a Era dos Mortos.

05 fevereiro, 2018

Você Viu? Violet Evergarden


“A máquina que era um protótipo da máquina de escrever, foi inventada pelo dr. Orland, autoridade em tipografia. Sua esposa, Mollie, era escritora mas ficou cega e não pôde mais escrever. Ele criou a máquina de escrever para ela. O doutor a batizou de Autômata de Automemória. Agora, esse termo se refere à indústria de textos encomendados. Conhecê-la me fez lembrar de um sonho que eu quase havia esquecido...”

O texto acima citado nasceu dos pensamentos de uma das funcionárias chamadas de Autômata de Automemória. Elas são pessoas, não máquinas, que tentam captar e expressar por textos construídos por meio de uma máquina datilógrafa as emoções que pessoas não conseguem expor verbalmente ou até mesmo pela escrita. Aliás, muitas que procuram esse serviço não sabem ler e escrever, mas, todos nós temos esta necessidade diária de enviar um desabafo, compartilhar a dor e a alegria, um assunto profissional e também interagir saudosamente com alguém que se encontra distante.

31 janeiro, 2018

Fique por Dentro: Janeiro


Oioi leitores.
E o primeiro mês do ano já chegou ao fim. E posso dizer que foi proveitoso pra mim...como todo mês de férias.
Fiz um post esse mês falando da minha pretensão de passar mais tempo em frente a telinha, e o mês de janeiro foi um sucesso. 
Como dediquei mais tempo a tv, li apenas 4 livros, no entanto estou satisfeita.

29 janeiro, 2018

Adaptações Literárias #1


Olá, tudo bem com vocês?
Como falei nesse post aqui, vou dedicar uma parte do meu tempo pra assistir mais filmes, priorizando inicialmente as adaptações literárias.
Segue abaixo os filmes que consegui assistir em janeiro. Foram 6 filmes.




Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥