26 novembro, 2012

Resenha Luxo e Crime



Oi leitores queridos.
Saindo mais uma resenha de parceria com a editora Leya. Espero que gostem, quem se interessar pelo livro, ele se encontra na minha estante de trocas no skoob.





Sinopse: Brigite Campos de Orleans, dona da Loja, butique referência no mercado de luxo, é presa por sonegação fiscal, numa operação cinematográfica com direito até a algemas e helicóptero. O escândalo, banquete para a mídia, acaba por reunir pessoas de universos distintos na investigação do caso: uma blogueira e aspirante a it girl, um jornalista experiente e preconceituoso, um milionário culpado, uma rica sem culpa, um ambicioso fiscal da Receita, um eletricista com um Monza pifado, uma vendedora de bolsas falsas, um advogado criterioso, um senador delivery. Mas esse não é o único crime que vai envolvê-los nos bastidores do blindado mundo do glamour. À medida que a "caixa-preta" da Loja vai sendo desvendada, novas conspirações se revelam, tradições são maculadas e a festa da exclusividade termina em tragédia. Ambientado no universo do luxo e com referências a fatos, pessoas e lugares reais, o romance de estreia da jornalista Angela Klinke transpõe a caricatura costumeira da elite e da mídia nacionais. Com mais de uma década acompanhando as transformações desse mercado da sofisticação, a autora converteu sua experiência numa ficção deliciosa e, ao mesmo tempo, provocante.
Leia o primeiro capítulo: AQUI
_____________________________________________________


 Quando a editora me sugeriu Luxo e Crime como opção de escolha para resenha, fui ler o primeiro capítulo, e ele me conquistou logo nos primeiros parágrafos pela sua ironia. Então decidi solicitar o livro pra conhecer a história na íntegra.

 Um pouco sobre a história:

 Brigite Campos, dona de uma boutique de luxo, foi acordada às 5 da manhã com o circo armado no seu condomínio pela polícia federal.
 Lulu Peçanha, uma milionária fútil, totalmente consumista,  adora compartilhar com o mundo  virtual suas mais recentes aquisições e faz de tudo para ser referência na web em busca de notoriedade.
 Mirela Soares é um mistério, um ponto de interrogação.
 Catherine, irmã de Brigite, responsável pela parte financeira da Loja, estava viajando quando sua irmã foi presa.
 Ernesto Leon é um jornalista experiente.
 Esses e outros personagens nos não apresentados paralelamente à prisão de Brigite por sonegação de impostos.
 "...o crime preferido da impune elite brasileira."pág 49
 Porém com o andar da carruagem e as revelações que vão surgindo, vemos que tem muito mais por baixo dos panos.

Sebastião Peçanha, pai de Lulu,  diante do escândalo que envolve a Loja, sente  a necessidade de afastar Lulu e colocá-la pra trabalhar, exercendo sua profissão ...se é que isso é possível para ela.
 E é dessa forma, trabalhando como jornalista, que Lulu foi me conquistando.
 A história é apresentada em pequenos capítulos que vão se ligando e assim solucionando as questões levantadas. Alguns fatos e cenários são reais, e é isso que torna a leitura mais interessante.
 Numa escrita leve e engraçada, a leitura é rápida e fácil.
 A história faz várias referências quanto as facilidades e favorecimentos que alguns protegidos têm para se livrar das garras da lei.
-Doutor Negrão, o senador vai nos ajudar. Ele não conseguiu atuar no caso de Brigite porque o cara da PF que tava chefiando tudo é apadrinhado de um inimigo político dele  e precisava de seu momentinho de fama. Mas no meu caso já tá sendo  diferente. Na justiça, o senador transita melhor. pág 37
 Quando a misteriosa Mirela Soares é encontrada morta dentro da luxuosa Loja é que Catherine se abala, já que essa é uma situação que não pode ser resolvida por seu protetor.
"A especulação era de que a morte da moça fosse queima de arquivo."pág 74 
"O que a misteriosa Mirela poderia saber de tão grave que motivaria sua eliminação?"pág 144 
 É uma investigação policial bem elaborada, apesar que chegou um certo ponto,onde eu consegui mais ou menos  decifrar o enigma.
 A história aborda vários assuntos como consumismo, diferenças sociais, regalias a privilegiados, e por aí vai.
 A autora faz uma constante citação e comparação da Loja fictícia com a situação da Daslu, como uma referência para entendermos melhor o sério problema que a Loja passa.


Operação Narciso - DASLU

"Os investigadores descobriram como a Daslu fazia para subfaturar os produtos de grife importados. O rombo detectado, mais juros e multas chegava perto de  1 bilhão de reais. 
 A empresária Eliana Tranchesi foi condenada a 94 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, fraude em importações e falsificação de documentos.
 A Daslu acabou falindo e a marca foi vendida ano passado."
 Eliana Tranchesi faleceu de câncer em fevereiro de 2012. 

Trechos do texto foram retirado da matéria do site da revista época.





17 comentários

  1. Ainda não conhecia este título, e pareceu um suspense moderno interessante. É sempre meio triste quando descobrimos o final de um mistério em um livro, mas, dependendo da situação, não acho que isso tire pontos do livro.

    Beijão

    Lu Tazinazzo
    http://www.aceitaumleite.com/

    ResponderExcluir
  2. Na vida não existe antecipação nem adiamento, somente o tempo propício de cada um.
    Tenha uma semana abençoada.
    Bju
    Toninha

    ResponderExcluir
  3. Olá Paty, aqui é a Nathália do blog Livroterapias só estou passando pra avisar que você recebeu o Selinho: Música para meus ouvidos lá no blog http://livroterapias.blogspot.com.br/2012/11/selinho-2.html

    E sobre a resenha, me interessou por conta de ser investigativo!

    Beijos e Abraços

    ResponderExcluir
  4. Adorei!
    Não conhecia!
    Beijinhos
    Rízia - Livroterapias
    livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que legal, Paty... de cara eu percebi que tinha um cheiro de Daslu no ar, achei super interessante, soa como uma novela, e eu gosto muito disso, a editora está com títulos ótimos, já li e tenho vários títulos dela pra ler, esse entrou pra lista dos desejos *-*

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros ironicos, ainda não conhecia esse ^^

    ResponderExcluir
  7. Oi Paty!
    O tema é bem interessante, e pelo jeito a autora soube explorá-lo bem. A autora é brasileira?
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  8. Oi flor,
    Um livro que me pareceu um enredo de novela, gostei bastante e vou coloca-lo em minha lista.
    Ai sempre passo perto da daslu, que hoje já está com uma parte no chão
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  9. oi tem um selinho pra vc lá no blog

    http://dicalivros.blogspot.com.br/2012/11/selinho-campanha-de-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
  10. Oii Paty!
    Não conhecia o título, fui atraída pelo mesmo e pela capa. Sua resenha também está ótima!!
    Pretendo ler sim, mas infelizmente não agora, rs. A lista de livros para ler na estante está gigantesca, haha.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Não fiquei muito empolgada com o enredo, apesar dele parecer interessante.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  12. Esse livro realmente parece ser muito interessante e a capa é perfeita, né? Combina bem com o enredo.
    Sua resenha ficou ótima e me deixou com aquela ponta de curiosidade e vontade de ler a obra :)

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  13. Gosto desse tipo de livro. Apesar de você ter conseguido descobrir o final, fiquei com vontade de ler.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Ja tinha visto esse livro em algum lugar, mas nao me interessei muito.. Lendo a resenha, acabo de concluir que nao faz meu estilo... Nao fiquei curiosa pra ler, não

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  15. Pela sinopse você deduz logo que toma como referência a Daslu. Fiquei com vontade de ler, deve mostrar como de fato acontece nesse meio, como tráfico de influências políticas e sociais.
    Uma realidade brasileira, onde quem tem o poder raramente paga pelo que fez.
    soniacarmo
    retalhosnomundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o livro, Paty. Sei lá, apesar de achar interessante a ironia, não me interessei muito pelo enredo. E a capa não me atrai.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Uma trama dentro do meu gênero preferido e acabou que a Época trou aquele gostinho do suspense, mas nada que impeça a vontade de ler. Muito boa resenha!

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥