26 janeiro, 2013

Resenha Qual seu Número Livro + Filme




  Oi pessoal...tudo bem com vocês? Eu estou bem e pensando em fazer algumas mudanças no blog novamante, aguardem.
  A resenha de hoje é de uma dupla que poderia ter sido perfeita ....mas não foi.
  Não sei se vocês repararam mas estou procurando ler livros que viraram filmes,ou vice-versa, e estou assistindo aos filmes e trazendo minha opinião pra vocês,  acho que essa é uma forma de me dedicar a assistir mais filmes, coisa que não tenho feito muito.


Sinopse: Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento.Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dessa média. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los.Será que um deles estará disposto a esquecer do passado e começar uma linda história de amor?Qual seu número revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.
_____________________________________________


 Delilah acabou de perder o emprego, sua irmã mais nova está noivando e ela tem fixado em sua cabeça uma matéria que leu dizendo que as mulheres tem em média 10,5 parceiros sexuais durante a vida e ela já estava no 19º ou melhor no 20º( quando estava completamente bêbada acabou ficando com Roger, que ela tanto julgava repugnante e responsável por sua demissão).
Desconsiderando a parte sexual, tenho certeza de que deve haver algo errado comigo. Eu tive 20 relacionamentos íntimos, 20 oportunidades. E muitas outras que não foram tão íntimas. O que há de errado comigo? pág 333

 Determinada a não ultrapassar ainda mais essa estimativa apresentada pela pesquisa, ela decide ir atrás de todos os seus ex e tentar encontrar entre eles o homem da sua vida. E começa com uma listagem  onde além do nome ela coloca também suas características, e por aí já vemos que vem muita confusão pelo caminho na busca do homem por quem se apaixonar.

 Mas nessa busca, Delilah não está sozinha. Ela conta com a ajuda de Colin, seu vizinho, e diga-se investigador nas horas vagas.
 Colin é um personagem que a princípio não dei muita importância, ele aparece rapidamente com algumas informações, e quando eu menos esperava percebi que  ele era o homem que ia dar um rumo nessa história divertida.

 A história é hilária demais, Delilah 'viaja na maionese', se perde divagando em qualquer assunto, dando explicações a si mesmo, se mete em cada situação inacreditável, impossível não cair na gargalhada com ela. 

O livro tem 414 páginas, com uma escrita leve e agradável, e tem uma diagramação linda,várias páginas com bilhetes, mapas e listas,a  leitura é bem rápida e fluente. 
A única coisa que não me agradou muito, mas isso é uma questão pessoal, foi as várias notas de rodapé, eu não gosto disso, acho que muita coisa poderia ser colocada no próprio parágrafo abrindo  (parenteses).

 A trilha musical também é bem bacana, gosto de trilhas musicais nos livros, ajuda a imaginar melhor a personagem e sua personalidade.
 Delilah se mete em muitas confusões nessa viagem pelo país em busca do ex certo, e encontrou a companhia perfeita para essa loucura: a cadelinha Eva (linda, linda, linda).
"A única coisa que eu tenho é uma cadela. Mas ela é uma boa cadela. A melhor do mundo pra falar a verdade. Quando estávamos na estrada de volta para Nova York eu disse a Eva Gabor que ela era a minha melhor amiga." pág 310

 Mesmo com o final um tanto previsível é totalmente possível se divertir e se manter empolgada durante toda a leitura, eu nunca ri tanto com um livro como nesse, portanto cuidado ao ler em locais públicos rsrsrs.

 A leitura é deliciosa, livro totalmente recomendado.


Trilha Sonora

Three Times a Lady - Lionel Richei



Filme




Apesar do filme trazer a ideia principal do livro, o desenvolvimento e os detalhes são completamente diferente, desde o nome até as características da personagem.
 Eu achei o filme decepcionante, não é cômico como o livro, traz piadas totalmente sem graça, não tem as viagens de Delilah(que no filme se chama Ally), não tem a fofa da cachorrinha Eva que acompanhou Delilah em todo o livro ( e eu me apaixonei por ela, quem me acompanha no facebook sabe que eu amo cachorros.)
 Então queridos leitores, leiam o livro, não abram mão de conhecer a verdadeira história de Qual Seu Número?. E se forem assistir o filme, não criem grandes expectativas.
 Pra quem já assistiu e gostou, mais um motivo pra ler o livro, com certeza você vai gostar ainda mais.


Beijos.

28 comentários

  1. Eu gostei muito desse livro apesar de não ser fã de chick-lit, imagine minha tristeza ao ver o filme? Acho que podia ter sido um pouco mais fiel.
    O relacionamento de Ally com Collin não me convenceu tanto no filme como no livro.

    Beijos
    @LeitoraIncomum
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  2. Já li o livro e assisti o filme ontem acredita ? É posso dizer que me decepcionei muito odiei na verdade , eu também amo a Eva e fiquei muito triste pelo fato de ela não ter aparecido , o filme é vulgar ao extremo o livro tem partes mais quentes mais nem tanto , eles falavam cada palavrão lastimável um filme sessão da tarde , beijos Paty !

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Oi Paty!!
    Li o livro e amei!! Já o filme é tão sem graça...a unica coisa que salvou foi o Colin!
    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha, imagino que este livro deva ser bem gostoso de ler, a personagem é divertida, até me lembrou um pouco a protagonista de "A vez da minha vida".

    http://desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Paty, que bom que o livro tem uma escrita leve...é preciso, né? Pq quando tem muitas páginas precisa de algo a mais para motivar o leitor...

    Beijos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/


    P.S: Aproveito a oportunidade para anunciar que tem sorteio de livro nacional. Venha apoiar. http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bem mais do livro do que do filme.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca li nem vi o filme, mas sou super a fim de ler e assistir. Também ouvi dizer que o filme em comparação ao livro não é nada, mas isso sempre acontece com filmes. Espero poder dar umas risadas como você.

    Livinha's Place | http://livinhas-place.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Paty!
    Vi o filme e achei apenas bom. Mas pelo visto, se tivesse lido o livro iria ficar furiosa, não é? :l

    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  9. Amei o livro e claro me decepcionei com o filme. Principalmente com o final do filme que é diferente do final do livro que eu amei e li duas vezes de tão engraçado que foi.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ai, Paty, que boa notícia!! Sério, porque eu assisti a esse filme por acaso. Sabe aquelas madrugadas que você liga a TV com insônia e nem sabe o que é, mas assiste? Achei o filme muito sem graça! Depois eu percebi que era baseado em um livro da Novo Conceito, que eu não tinha. Consegui o livro e pronto: Fiquei com receio de le-lo e ser decepcionante como o filme. Você iluminou minha vontade com sua postagem. Obrigada, darei a chance que (todo) o livro merece! Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Paty
    Eu sou das pessoas que assistiram o filme primeiro é gostou muito, já assisti umas três vezes. Ainda não li o livro, mas tenho muita vontade. Acho que se eu tivesse lido o livro primeiro teria me chateado com o filme, mas como eu gostei do filme e já sabia de algumas alterações em relação ao livro, tenho certeza que vou gostar do livro. Ainda bem que o livro é mais engraçado, vou rachar de rir...rsrsrs

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  12. Ola Paty adoro livros que nos fazem sorrir , esse ainda não li, e já está indo para lista , não assisti o filme , normalmente nem dá tempo de ler primeiro , assisto o filme , porém dessa vez não conhecia nenhum dos dois, vou ler o livro primeiro depois vejo o filme . beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu não li esse livro ainda e nem assisti ao filme, nem assisto filmes direito na verdade kkkk Mas fiquei um pouco interessada, até porque o livro parece ser bem engraçado e eu gosto de livro assim, irei tentar ler esse livro e depois disso assisto ao filme, não gosto de fazer o contrário :S

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  14. Um milhão e duzentas vezes que eu tento comprar isso livro e sempre acontece ou surge outro livro pra eu comprar que acabo deixando pra lá; sempre tive vontade de ler. E saber que você teve momentos de risada com ele me faz querer: nunca li um livro que me fizesse rir de verdade.
    Acho que semana passada passou esse filme na globo e gostei de algumas partes, mas não cheguei a assistir todo. Bem, acho que na Um milhão e duzentos e um eu compro, leio, assisto e comparo. kkkkk

    Abraços, e obrigado pela resenha!

    ResponderExcluir
  15. Oie,

    Não leio muito esse gênero que é o chick lit, certo! E como sempre quero muito ler esse livro, acho essa capa super legal, e ainda não assiti o filme acredita? Pretendo ler o livro primeiro e depois ler o livro, então vou ter uma ideia completa sobre o livro e o filme também, acho desnecessário mudar o nome dos persongens sei lá fica estranho.

    Mayla

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    Não leio muito do chick-lit, porém eu vi o filme de Qual seu número já umas duas vezes e eu dei umas boas gargalhadas! É um filme leve e interessante. Acredito que o livro é melhor ate porque sempre é assim, ne? O livro sempre supera o filme!
    Se um dia tiver dinheiro sobrando, eu compraria o livro, mas não é um dos meus desejados do momento! rs

    Abraços
    Adriano Gutemberg
    GeraçãoLeitura.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Paty,

    Decididamente gosto mais dos livros com exceção de alguns filmes que trazem o final que eu gostaria que tivesse o livro, como Querido John do Nicolas Sparks, o filme tem o final que eu amaria que o livro tivesse tido.

    Agora com relação QUAL O SEU NÚMERO? Com escrita e leve, leitura rápida e fluida, bilhetes e mapas, além de propiciar algumas risas, lógico que prefiro o livro, este faz parte do tipo livro que gosto de ler por me relaxar, divertir e não provocar tensão.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesfaleiturataniabueno.blogspot.com.br


    A trilha musical também é bem bacana, gosto de trilhas musicais nos livros, ajuda a imaginar melhor a personagem e sua personalidade.
    Delilah se mete em muitas confusões nessa viagem pelo país em busca do ex certo, e encontrou a companhia perfeita para essa loucura: a cadelinha Eva (linda, linda, linda)

    ResponderExcluir
  18. Paty, não sabia que o livro era tão bom. Já entrou várias vezes em promoção e eu nunca dei atenção por achar que não valia a pena. Na próxima, quem sabe?
    Acho muito chato quando o filme fica tão aquém do livro e não entendo por que fazem questão de mudar a essência, incluindo nomes. Pra quê??? O autor se mata pra construir a história, vem o roteirista e muda tudo.
    Fiquei bem interessada na leitura, mas não sei se irei ver o filme.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  19. Paty, li o livro e amei! Amei tanto que quando fiquei sabendo que o filme era bem diferente desisti de assistir, e pelo que você disse, tenho certeza que fiz bem. Eu ia ficar muito brava! Mas o livro também recomendo demais, uma história super divertida e realmente deliciosa, não sei se foi o livro que mais me fez rir, mas com certeza me fez rir absurdamente.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Olá, não sou muito fã de livros do tipo, mas até que fiquei curioso pela história. Apesar do filme ser um pouco diferente da história apresentada no livro, acho que vou conferir a adaptação, pois geralmente quando se trata de cinema eu assisto de tudo! Inclusive me lembrei que minha mãe estava assistindo esse filme esses dias (porque passou na tv), mas ela desistiu na metade não sei porquê.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Paty, tudo bem?
    Eu vi o filme e o classifiquei como uma comédia romântica água com açúcar. Um bom passatempo, mas confesso, que não assistiria de novo. Então, fiquei surpresa quando contou que o livro é totalmente diferente, muito divertido (adoro rir) e que vale muito a pena. Então, se tiver uma oportunidade, vou ler o livro sim, para ver o que eu perdi.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. OMG!
    Amo esse livro! Adoro romances Chick-lit, e tenho que confessar que tbm dei umas boas gargalhadas no decorrer do livro :)
    E eu tbm gosto muito do filme! Na verdade eu assisti o filme primeiro para depois ler o livro rsrs Mas depois que terminei a leitura percebi as diferenças entre livro/filme :3

    Beijos!
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Paty,

    Eu já vi vários comentários favoráveis sobre o livro e nem tantos sobre o filme.
    Tenho que admitir que não li o livro e só vi pedaços do filme, e sua resenha me fez reconsiderar a possibilidade de ler o livro.

    Beijos,

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Paty!
    Eu li e curti e RI MUITO com o livro, fui assistir o filme e fiquei bem puta, se eu não tivesse lido, acredito que teria gostado, mas não rolou, mudaram muita coisa e teria ficado bem mais engraçado se tivessem seguido o livro fielmente!
    Beijos!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oo Paty
    Gosto de livros com uma temática leve e que me fazem rir, agora fiquei curiosa para saber como vai ser essa procura pelo homem certo. Agora filme sempre me decepciona e esse parece ser um típico caso de mudaram tudo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Ou seja, assista o filme e depois leia o livro rs.
    Eu já tive muita curiosidade com o livro, mas vi algumas resenhas negativas e isso me desanimou. Mas pelo visto você gostou mesmo =)
    De qualquer forma, vou deixar anotado aqui com mais um indicação.. vai que rola a oportunidade né?!

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  27. Oi Paty,
    Eu tenho esse livro e assisti ao filme não tem muito tempo, assim como você estou tentando assisti filmes que tem livros, pois raramente assistia.
    Aqui pelo que vi o livro ganha como na maioria das vezes, eu pretendo ainda ler o livro mesmo já conhecendo a história, fiquei feliz em saber que ele é mais engraçado.
    Beijos Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  28. Oieee, já vi esta obra mas nunca li o livro e também nunca assisti ao filme, tenho vontade de assistir ao filme, mas depois de saber através da sua resenha que o filme é decepcionante em relação ao livro, acho que vou ler primeiro para depois ver o filme rsrs, adorei sua dica, nunca tinha lido nenhuma resenha do livro e adorei sua postagem, Abraços.

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥