09 junho, 2014

Resenha Premiada: O Teste



Livro cedido pela editora Única.



Sinopse: No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?
Autor: Joelle Charbonneau
Editora: Única
Páginas: 318


Sobre a História e Minha Opinião

"Não confie em ninguém." pág 50

O sonho da maioria dos jovens quando se forma, aos 16 anos, e passa a ser considerado adulto, é ser selecionado para O Teste após a cerimônia de formatura.
Essa é a grande aflição de Cia: ser selecionada, continuar os estudos e ter uma boa profissão.
Seu pai foi um dos escolhidos para O Teste, e agora é responsável por modificar plantas para que possam germinar em solo deteriorado, trazendo alimentos saudáveis para as colônias, dessa forma contribuindo para melhorar a vida de pessoas que passaram fome numa época onde alimentos saudáveis eram escassos.
Cia é a primeira entre 4 irmãos a sair de casa para o Teste.
Ansiedade, medo, empolgação, alegria e tristeza, vários e controversos sentimentos tomaram conta de Cia a partir do momento que foi selecionada.
"Recusar é traição..."pág 39
Na noite que antecede sua partida, o pai de Cia faz revelações surpreendentes e impensáveis, o que a deixa muito apreensiva. Ela imaginou que a conversa com o pai seria reveladora, e a ajudaria de alguma forma no seu desempenho enquanto seria avaliada, mas ao contrário disso, tudo o que ela passou a desejar foi que tivesse passado despercebida como os irmãos.
O que realmente esperar do Teste?
"O Teste nem sempre é justo, nem sempre é correto." pág 11
 O Teste é dividido em 4 etapas, iniciado com 108 alunos; da colônia de Cia mais 3 são escolhidos, entre eles Tomas, amigo de infância por quem ela sempre nutriu uma paixonite.
Além do cenário distópico tradicional, essa história também envolve animais e humanos mutantes, mistérios, segredos, e uma disputa onde muitos esquecem os princípios e valores, dispostos a tudo para ter o melhor desempenho.

Eu torci pelo sucesso de Cia e Tomas no Teste, mas como casal eles não me convenceram, mas como o romance não é o foco, isso passou tranquilamente.
O livro é narrado em primeira pessoa, pela nossa protagonista Cia, uma adolescente muito cautelosa, astuta e atenta.

Comparações com Divergente e Delírio? Impossível não fazer, encontrei situações onde instantâneamente minha mente me ligou aos dois livros.
Mas como sou fã de distopias não me preocupei com as similaridades, e sim foquei nas  particularidades que O Teste me oferecia.

As 150 páginas iniciais são interessantes e empolgantes, conhecemos vários personagens e suas características, aprendemos aos poucos como funciona O Teste, e recebemos alguma informação sobre a situação em que o mundo se encontra e o motivo dele estar destruído. Mas a partir da página 150 a coisa se torna eletrizante, é o começo da 4ª fase do teste, a fase mais impiedosa, cruel e amedrontadora.

A autora levou a narrativa de forma que ela vai se tornando densa e tensa gradativamente, e nesse momento é impossível parar a leitura.
Tudo aqui é bem explicado, mas é claro que o gancho para a continuação não podia faltar, e perguntas ficaram sem respostas.
Esse é o primeiro livro da trilogia, então enquanto o próximo não chega vou ter que segurar minha curiosidade. 
A revisão deixa muito a desejar, encontrei vários erros, e infelizmente daqueles que incomodam a leitura. Os diálogos se misturam com parágrafos, uma mistureba daquelas, a editora pecou nesse quesito. Mas a capa está linda, e achei muito interessante que a editora faz o marcador do livro na contracapa, basta destacar, dessa forma todo leitor vai ter seu marcador...ponto pra  editora.

Só não dei 5 estrelas porque não vi muita inovação no enredo dessa distopia, mas o conflito gerado e a escrita da autora são contagiantes.

A protagonista foi trabalhada de uma forma notável, seu amadurecimento no decorrer da trama se dá de forma sutil, e ao final do livro temos uma Cia extremamente transformada.
Eu devorei esse livro, e com certeza indico pra quem é fã do gênero e não se importa muito com semelhanças, e sim com uma narrativa que envolve e vicia.


Avaliação:



A Autora:
Escritora de coração, Joelle já produziu e estrelou diversas operas e musicais na região de Chicago antes de se tornar uma escritora em tempo integral. Além de adorar dar aulas de canto. Estreou na literatura com a série Rebecca Robins, mas ganhou o mundo com a trilogia distópica Teste.





Se interessou pelo livro? 'Bora' tentar a sorte nessa super promoção?
Para participar é super fácil, basta: 

* Ter endereço de entrega no Brasil;

* Fazer um comentário condizente com a resenha(comentários sem criatividade como: legal, gostei, eu quero, serão desconsiderados);
* Preencher corretamente o formulário abaixo.
* Em Terms and conditions você encontra mais detalhes sobre as regras.

A vencedora tem um prazo de 48h para enviar seus dados, caso isso não aconteça, outro sorteio será realizado.


a Rafflecopter giveaway

Boa sorte!!!

48 comentários

  1. Paty li algumas resenhas desse livro, mas confesso que não é o que mais me atrai!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eita! Acabo de ser "seduzido" por mais uma trilogia! Meo Deos! RsRs

    Amei a resenha! E estou curioso pra ler o livro, só não curti o fato da falta de revisão meticulosa! E adorei o fato do marcador ser fixo ao livro.

    Gabryelfellipeealgo.blogspot.com
    El Costa - Confins Literários

    ResponderExcluir
  3. Impossível não ter similaridades, né? É um gênero que tem certas características: governo controlador, futuro, herói/heroína que quer mudar o mundo... Não tem como fugir disso. O lance é fazer como vc fez e focar no que tem de novo.
    Pena que o romance não foi bem desenvolvido, gosto quando tem isso. :D
    E muito legal a ideia do marcador! Pena que o livro vai ficar sem orelha. rs
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giu o livro não fica sem orelha, o marcador vem anexo na orelha, é só destacar o marcador e a orelha continua.

      Excluir
  4. Oi Paty, eu queria mesmo saber sua opinião sobre o livro. No geral, me parece mais um livro da leva de "encomendas" das editoras, pra seguir a onda Jogos Vorazes/Divergente. Um livro nível Legend... por isso, não sei se eu investiria dinheiro no livro - mais um motivo para participar da promoção hehehe

    Mas gostei de ver que você encontrou pontos positivos, pode me incentivar a engolir o preconceito um pouco. A Única é uma editora meio "mirim", né? Já li várias reclamações sobre livros mal editados... tá faltando um revisor decente, o que é uma pena.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi :)

    Ultimamente as distopias vem copiando muito Jogos Vorazes e outras obras de sucesso, isso me irrita, mas temos que aceitar que nada é 100% original. Esse livro não desperta muito a minha atenção, só leria se ganhasse de presente ou coisa assim. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É complicado uma história inovadora, ainda mais nesse gênero, né? Talvez a leitura iria me incomodar um pouco devido a isso, mas acho que daria sim uma chance a ele, porque querendo ou não, o enredo é interessante. Gostei bastante da capa e fiquei um pouco desapontada em relação aos erros. A editora Única costuma me agradar muito em relação a parte estética, uma pena que há erros de revisão.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Essa é a primeira resenha que estou lendo de "O Teste" e até que fiquei empolgada com o livro... Amo distopias, mas aprendi a não ter altas expectativas com relação a elas para evitar a decepção, mas a história de "O Teste' parece ser bem bacana e saber que o livro possui momentos eletrizantes me convenceu! Pena que a editora pecou na revisão heim, é sempre chato quando isso acontece e, pior, quando atrapalha a leitura :/ Mas enfim, curti a resenha!! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A capa é criativa, bonita.
    Fico particularmente feliz com essa série de distopias que vêm surgindo por aí, até porque sou fã declarado do gênero.
    Acho engraçado quando vejo gente falar que tais obras tem copiado Jogos Vorazes, até porque Jogos Vorazes é praticamente uma cópia ocidental censurada do mangá Battle Royale. Não acho ruim que lembrem em alguns aspectos, pelo contrário, fico feliz que Jogos Vorazes tenha sido influência para inúmeras outras obras.

    ResponderExcluir
  9. Olá Paty!
    Eu li esse livro muito, muito, muito rápido e não conseguia soltar o livro de jeito nenhum, eletrizante é a palavra ideal para descrevê-lo. Claramente há muitas semelhanças também com Jogos Vorazes e em muitos momentos era como se fosse uma extensão dos JV, mas isso não me incomodou nada, particularmente, pra falar a verdade eu curti muito e apesar de ser muito semelhante a outras leituras em O Teste há algumas inovações e isso é muito bom, mesmo assim, como você, não consegui dar cinco estrelas porque não teve muita inovação assim e teve coisas clichês se levarmos em conta o desenrolar das outras distopias....

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila.
      Eu já ouvi o povo falar que O Teste tem muita coisa parecida com JV mas acredita que eu não li a trilogia?! rsrs

      Excluir
  10. cara eu gsto de distopias, mas não fiquei com vontade de ler essa.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  11. Oi Paty!
    Eu gostei muito do livro e como você disse, a 4ª fase do Teste é eletrizante. Como não li as outras distopias do mercado, não conheço as similaridades, mas achei a narrativa da Joelle envolvente.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  12. Li outras resenhas em outros blogs e está todo mundo dizendo que não tem muita ação... Desanimei um pouco com o livro, pois o que mais gosto é a ação nos livros!

    ResponderExcluir
  13. Já li em outros blogs resenhas desse livro e estão todos dizendo que ele é bem paradão, muito introdutório... Costumo gostar mais de livros com ação, mas vou dar uma chance para esse. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  14. Oi Paty, tudo bom?
    Esse livro está na minha lista de leitura dos próximos dias e confesso que estou bem ansiosa. Eu adoro distopias e, mesmo sabendo como é o desenvolvimento desse tipo de trama, acabo arrancando os cabelos de tanta ansiedade durante a leitura. O Teste lembra um pouco da prova feita no livro distópico Legend.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie Paty
    Estou com O Teste aqui em casa e será minha próxima leitura. Bem, eu estou animada para ler e como você adoro uma boa distopia e pela sua resenha quero saber mais se a Cia vai conseguir completar O Teste. Eu não sabia desse marcador..rsrsrs.. Corri aqui e peguei o livro e achei, já destaquei meu marcador. Obrigada Paty por avisar, eu nem saberia..rsrsrs. Uma pena que a editora tenha pecado na revisão, isso atrapalha muito e o livro até perde seus pontos por isso. Ótima resenha!

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  16. Adoro distopias, e gostei muito da comparação com Jogos Vorazes em relação ao impacto. Parece ser uma narrativa bem forte, de pingar sangue mesmo!! Já está na minha lista de desejados, e gostei muito de saber que o segundo livro já está a caminho (e provavelmente também o terceiro!) Parabéns pela resenha, fiquei ainda com mais vontade de ler!

    ResponderExcluir
  17. Pois é tenho lido algumas resenhas bem pessimistas sobre esse livro, pelas comparações. Mas eu também sou super fã de Distopias e não sei se isso vai chegar a ser um problema para mim. Ja os erros incomodam bastante. Mas enfim, se tiver a oportunidade, gostaria de ler sim. Agora a capa apesar de bonita, poderia ter sido mais criativa. Bjksss

    ResponderExcluir
  18. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    Bela resenha. abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, facilitando o entendimento e despertando o interesse dos leitores, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  19. Essa história é muito parecida com Divergente. Pela resenha fiquei muito empolgada e interessada para ler.

    Carine Araujo Lima

    ResponderExcluir
  20. Oi! Gostei da resenha!
    E quando se fala em distopia... Eu apareço na hora!
    Estou participando!!! Espero ganhar! :3
    Beijos
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. É legal de ver como a dinâmica da história vaia ficando cada vez mais eletrizante, não dá vontade de desgrudar do livro, adoro distopia e vou colocar essa na minha lista de livros a serem lidos....

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Eu sou uma daquelas pessoas que não pode ver uma distopia e já quer logo ler, e com essa não foi diferente, a primeira vez que já queria ler, apesar dessa distopia não ter me mostrado nada de muito diferente do que vimos por ai em outras distopias eu fiquei curiosa mesmo assim, eu adoro ver como são construídas as sociedades distópicas.

    ResponderExcluir
  24. Quero muito esse livro!
    Já faz um tempinho que estou de olho nele. Adoro distopias e essa me parece ser uma das boas.
    Participando do sorteio. o/
    Beijoo!
    http://sem-spoiler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Mais uma distopia pra lista, a verdade é que temos muitas delas no mercado atualmente. Apesar da base ser a mesma na maioria dos casos, o que acarreta em comparações das similaridades entre eles inevitáveis. Acho que o importante é a construção do mundo e dos personagens e bons conflitos entre os mesmos, isso é alguma "novidade" que prenda a atenção. Gostei muito da ideia do livro em questão. É apenas o primeiro livro mas estou com muita vontade de ler. Espero que o final não decepcione heheheh

    ResponderExcluir
  26. Como alguns sabem, adoro distopia e essa pelo visto me arrebatará também, assim que possível, irei pedir a editora para conhecer mais profundamente a história.
    Boa sorte a quem for participar do sorteio.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Oi Paty, olha a sua resenha é a primeira que leio sobre este livro. E sinceramente eu não consegui me sentir conectada a historia. Sim, sua resenha me mostrou que o livro tem tudo para me encantar, mas ainda sim, não consigo me sentir ligada a historia. Contudo não vou dizer que não ire ler o livro, mas por enquanto vou dar um tempo, ainda mas depois de ter lido a trilogia Jogos Vorazes. Então para não me pegar braba, vou deixar rolar e assim que tiver preparada pego esta trilogia e leio.
    Paty eu adorei sua resenha, e notei sua empolgação com a historia. E os pedaços de quotes que você soltou, são bem eletrizantes.

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  28. Séries de distopia são maravilhosas, com certeza amarei o livro! A resenha já me agradou :D

    ResponderExcluir
  29. Adorei a resenha! Achei um tanto parecido com Divergente, até a capa, mas não vou tirar conclusões precipitadas, não? Adoro distopias. Parece ser um livro eletrizante e que tem tudo para me prender. Está na minha listinha!!

    Um beijo,
    Lê.

    ResponderExcluir
  30. Quando uma fórmula dá certo em um livro, certamente vamos ter muitos outros seguidores e todos bem parecidos, nos resta achar o ponto "G" em cada um e, às vezes, os seguidores são melhores do que os originais... Espero que esta trilogia faça sucesso também, pois gostei da sinopse e da resenha e acho que adoraria ler a série! Só espero que ela não faça como a maioria, que desanda no meio por falta de trama e fica em uma enrolação só! É uma pena que a revisão não ficou legal, isto me irrita um pouco quando estou lendo!!!
    bjs
    @pacupe

    ResponderExcluir
  31. Gostei muito da premissa de O Teste! Já estava de olho nele, desde quando anunciaram a capa nacional, por ser uma distopia (o meu gênero literário favorito). E não, eu não me incomodo com semelhanças entre sagas como Delírio e Divergente, até porque são todas do âmbito distópico, então é comum haver similaridades. Adorei saber que a narrativa é envolvente e que fica eletrizante ao longo da trama. Amo histórias assim, principalmente quando o romance não é o foco do enredo!
    A revisão que é uma pena :( Às vezes é irritante ver erros que dificultam a leitura, porque atrapalha o andamento da compreensão, mas agora que já sei, vou tentar relevar quando ler a obra.

    ResponderExcluir
  32. Os gêneros distópicos, ainda mais se forem séries, me atraem bastante.. e lógico que esse me interessou!! Venho querendo lê-lo, mas ainda não tive a oportunidade. Espero ler em breve. Ah e ótima resenha! Bjs

    ResponderExcluir
  33. Gosto muito de distopias e fiquei em dúvida de ler o teste, mas já li muitas resenhas positivas.
    Vejo que a história é envolvente e o que me deixa ansiosa é ter que esperar pela continuação.
    Ótima resenha e bem objetiva.


    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  34. Paty, não tenho e não li nada a respeito de Divergente e Delírio, mas algo me veio a cabeça: Jogos Vorazes (o começo, onde não se podia negar participar, pois seria traição, aliás não tinha como). Sinceramente não tenho o que falar sobre comparações pois só vi o filme, então , o que me interessa é que sou fascinada por esse gênero e se ele já havia entrado em minha lista, agora só garantiu seu lugar e subiu ao pódio.
    Adorei sua resenha.
    Confesso que foi a 1ª que li e achava que o livro se tratava de história para salvar vidas ou algo do tipo, mas enfim, amo quando sou surpreendida....

    Bjssss

    ResponderExcluir
  35. Adoro distopias, são os livros que mais me envolvem, gostei muito da resenha, Teste parece mesmo um livro super interessante....daqueles que não conseguimos tirar os olhos até acabar.... espero ler em breve esse e os próximos da série! abraços!
    Luuh Ferreira

    ResponderExcluir
  36. Esse é um dos livros da editora Única que quero muito ler, ele me parece ser bem interessante e só por ser distopia já me interessa. A sua resenha me animou mais ainda e só ressaltou o quanto quero conferir essa história. Já estou participando do sorteio:)
    Ps: a conta que segui o blog é da minha irmã pois a minha está "bugada", espero que entenda e não tenha nenhum problema.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Fiquei curiosa pra ler,essa resenha foi ótima.
    A única coisa que me incomodou um pouco no livro foram os erros e como você disse "aquela mistureba" de parágrafos junto com diálogos,mas fora isso me parece maravilhoso para ler nessas ferias!

    ResponderExcluir
  38. Oi Paty!
    Eu gosto muito de distopias como vc! Eu gosto tanto da crítica social como também dos romances! Acho que eu ia sentir falta de um romance mais forte pelo que disse, mas eu gostei da resenha e da proposta do livro. Espero conseguir ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Oi Paty, adorei a resenha você detalhou tudo muito bem e deixou todos interessados, acredito eu, porque eu fiquei. Me despertou um interesse enorme e eu preciso desse livro pra ontem hahaha, to super curiosa pra saber o que acontece!

    ResponderExcluir
  40. As distopias meio que se parece um com o outro, não li tantas distopias mas os poucos que li gostei bastante do gênero. Adorei essa capa e a resenha me deixou bem curiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
  41. Achei interessante a resenha, embora o tema já seja um pouco maçante! Existem vários filmes com assuntos desse tipo. Mas é um gênero de mistério que me atrai, fiquei curiosa para ler.
    lucianesperez@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Adoro uma distopia e essa não vai ficar de fora. Me parece um desafio para os jovens na salvação do mundo. Eu quero ler logo e vivenciar tudinho de perto. Valeu!

    ResponderExcluir
  43. Descobri que sou fã de distopias depois de ler alguns livros esse ano. Estou há tempos querendo esse livro, já vai sair o próximo e não li ainda rsrsrs. Gostei da sua resenha, ela tem críticas construtivas, o que é difícil de se ver por aí. É isso, torcendo para ganhar!

    ResponderExcluir
  44. Eu acabo comprando o livro que leio com outras distopias, apesar de não ter lido tantas distopias assim.Que bom o livro não decepcionou na história, apesar da diagramação falha. Espero me empolgar com o livro como você. E felizmente eu não ligo pra romances em distopias,

    ResponderExcluir
  45. Oi, o livro parece ser muito bom, é mais pra ação, embora eu não goste muito me chamou a atenção e eu acho que me prenderia sim no livro, vou querer ler o mais breve possível rsrs A capa não chama muito a atenção né? Parece livro infantil mas me pareceu bem legal, a ação do livro misturada com a emoção..

    Bjs

    ResponderExcluir
  46. Parabens Erica, faça uma ótima leitura..
    Bjss

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥