09 maio, 2017

O Poder da Leitura: A Palavra é o meu Domínio sobre o Mundo

"A vida é igual em toda a parte e o que é necessário é a gente ser a gente."

Fonte de imagem: Google


Eu gosto das lembranças, das memórias profundas, porque acredito que é necessário usarmos nossa mente para resgatar algumas faíscas do passado e tentar curar ou nos adequar em certas realidades do presente, passando experiências para quem aguarda ouvir algo de nós, mesmo que tenhamos vivido momentos pesados e tristes, afinal, só crescemos, superamos e buscamos realizar sonhos, depois de subirmos extensos degraus ou nadarmos contra a correnteza da vida. Então, vou lhes contar uma das muitas lembranças significativas que existem e tiveram o poder de mudar uma vida. Em um passado distante um casal havia decidido morar em um local com infraestrutura adequada para que a sua caçula, que é cadeirante, tivesse acesso a escola, morando, obviamente, próximo a escola. Planos perfeitos e muito bem elaborados para inserir sua filhinha “no mundo”, porém, eles pensavam que a sociedade poderia estar preparada para atender o “diferente”, mas, se o olhar, o coração e as intenções não forem voltados para o ser humano, de nada vale as modernidades que se atualizam ano após ano na selva de pedra... E por causa da falta de um olhar especial, aquela criança aos sete anos, não foi aceita na escola, porque não poderia existir contato entre uma cadeira de rodas e as outras crianças “normais”. 

Seus planos se frustraram e então voltaram para Angra dos Reis, tendo ainda em suas mentes a preocupação com a educação de sua filha. Enquanto uma solução melhor não surgisse, a menina se desenvolvia mais e mais pelo caminho da arte, fazendo precocemente autorretrato de visitantes ou parentes. Desenhando, pintando e recortando sempre com o auxílio de alguns objetos que sua irmã comprava. Acredito que ela nem imaginava que estava incentivando uma cópia em construção de Frida Kahlo enquanto ocupava as horas daquela criança impedindo a existência de lacuna em seus dias, assim aos poucos, ela presenciou o nascimento de mais uma artista plástica, porém, autodidata.
"Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo."
E foi esta mesma irmã que teve também a magnífica iniciativa de organizar alguns materiais didáticos para formar na cozinha e varanda de sua casa uma pequena amostra do que seria uma sala de aula. Assim aos 9 anos de idade, a menina foi alfabetizada, tendo somente como ferramenta uma cartilha, um quadro negro simples e pedaços pequenos de giz que seus irmãos traziam. Aquela irmã que nem sonhava ainda em ser educadora, sugou totalmente a cartilha e se doou o máximo para abrir a mente de sua pequena aluna a ensinando ler e escrever. Ambas conseguiram superar o novo e aprender a vencer seus obstáculos! Mas, ao encerrar a cartilha, o que mais poderia fazer? Um caminho foi descoberto, a porta da liberdade se abriu, não havia mais mistérios naquelas letras que apareciam em sua TV, mas, a fome de aprender nunca se sente saciada quando uma mente se dispõe a acolher mais informações, e foi assim que aquela criança percebeu que estava com medo de esquecer tudo o que aprendeu. Como forma de não voltar à estaca zero, ela se agarrou a uma ideia que esta mesma irmã passou: pratique sua caligrafia, isso te ajudará a melhorar sua letra e também a fixar o que aprendeu. Pegue livros, o que puder encontrar e leia, leia muitos livros, isso também te ajudará a desenvolver a escrita, a leitura, a falar melhor e ampliar mais ainda o seu mundo.

Consequentemente sem nunca ter frequentado escolas, sem ter a noção do que é ortografia, gramática ou outras regras da língua portuguesa, a menina cresceu e evolui através da leitura de diversos livros que buscava insaciavelmente. Adorava as imagens coloridas e os cheiros dos gibis da Turma da Mônica, Luluzinha e dos HQs da Disney. Depois dos gibis passou a ler livros voltados para adultos porque não havia em sua casa leituras apropriadas para a sua idade. Mas isso não lhe importava, porque a magia de poder compreender a união das letras era a sua maior alegria... Ela nunca esqueceu quando leu Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach, tendo ao seu lado um dicionário rs... E quando começou a viajar através da mente, criando fantasias a partir de todos os livros que chegavam a sua mão... Participou de gangues de meninos e meninas pela fantasia do livro Os Meninos da Rua Paulo, de Ferenc Molnár...

Morou em uma pensão e brincava sempre com a menina Clarissa. Logo depois conheceu a vida de um médico pobre e ambicioso, na história de Eugênio Fontes em Olhai os Lírios do Campo, ambos escritos por Érico Veríssimo... 

Emocionou-se com a história do menino Zezé do livro O Meu Pé de Laranja Lima e mergulhou nas águas límpidas das praias descritas no livro O Garanhão das Praias, os dois do escritor José Mauro de Vasconcelos...

Diversas vezes ela se sentiu heroína, ladra, amante, amiga e amada incorporando as mulheres que sempre foram personagens principais das tramas de Sidney Sheldon... Virou moradora de rua, teve asas, investigou assassinatos e desvendou vários mistérios nas ilhas e nas matas passando pela Coleção Vaga-Lume e pelas inspirações de Agatha Christie... Entre tantas personagens significativas, ela escolheu como modelo de vida ser somente a Raposa do livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint Exupéry, e por isso não desistiu de tentar interagir com os humanos, os observando o suficiente a distância antes de se aproximar. Aprendeu o valor da conquista e mesmo com certa dificuldade não abriu mão de preservar em sua vida, que é a toca e o campo de trigo maduro a presença de algumas rosas e príncipes.  

Com passar dos anos conheceu muitas outras literaturas, outros nomes de autores entraram para o seu círculo de amizades além da distância, do tempo e da existência. Da infância à adolescência cresceu e se amadureceu ao lado dos papéis escritos com tinta preta, conhecendo a vida e seus mistérios com o auxílio de seus amigos imaginários que marcaram sua história e ainda hoje desempenham o papel de ensiná-la viver, porque sempre temos algo a aprender..
"O que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesmo."
Olhando para o momento em que me encontro, estou certa de que aquela menina de muitos anos atrás, sem ter noção, usou o medo ao seu favor, sugando com seus olhos e mãos todas as literaturas que lhe salvaram, buscando o que estava sempre além do fixar em sua mente as vogais, as consoantes, as palavras e pontuações. Vivenciando essa transformação experimentei um tipo de construção feita de livros até chegar aqui, no presente em que vivo, com passos lentos e sem receio esse novo caminho, o de ser escritora.

Sou a menina do passado e também sou esta mulher silenciosa e pensante do presente, que pouco expõe as emoções, mas, que não se embaralha mais nas reflexões sufocadas, pois ao escrever aprendi a liberá-las para o mundo em um papel virtual e por fim aceitei a seguinte verdade: sou um rascunho em eterna revisão pelas mãos da vida, desde que a própria me deu a oportunidade de publicar histórias, vidas, análises, opiniões e outras genialidades pelos blogs. Encontrei nesses estímulos o que necessito para não perder a sensibilidade de sonhar e de ter esperança, mas ainda me esforço em não emprestar meus ouvidos ao negativismo, aliás, sempre estive muito ocupada na companhia dos meus livros, por isso, nunca precisei ouvir os pensamentos e as opiniões contrárias sobre as realidades da minha existência. Se hoje vivo, foi por um escape que não busquei, porque antes disso ele já havia me procurado e encontrado.


Todas as citações são de Clarice Lispector, minha Diva.



94 comentários

  1. Ola
    Adorei o texto, e achei ótimo a inserção de citações da Clarice Lispector. Aprendi que quem gosta de escrever consegue se libertar sim, e quem ainda não usa essa ferramenta, é porque não compreende os benefícios da leitura diante de todos os seus estímulos, e até transformações mesmo. É um mundo de infinitas descobertas.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá... obrigada, F! seu comentário veio a somar a tudo o que sinto realmente em minha relação com a escrita e a leitura... na verdade, sempre nos faltará palavras...porque você disse, "é um mundo de infinitas descobertas".
      beijos!

      Excluir
  2. Olá, Elienae.
    Que história linda e inspiradora. Amei o texto.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente adorei!
    "Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo." essa frase define o que sinto também sobre o controle que tenho sobre as coisas a minha volta. Tudo é mais simples quando escrevo.
    Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  4. ler é importante para abrir os horizontes, moldar e remoldar conhecimentos e paradigmas, é uma forma de se conhecer um pouco mais, ser questionado e aprender a questionar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, adorei o seu texto. Não só as citações, mas a forma como vc foi as inserindo e transformando nesse texto inspirador. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Adorei o seu texto.
    Lemos no seu texto a importância da leitura na vida de uma pessoa. Um texto com certeza muito inspirador.
    Parabéns.
    Adorei as citações.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Elienae!
    Falando de Turma da Mônica sempre me emociona. Minha infância foi recheada desses quadrinhos da escola. <3
    Elienae, você escreve muitíssimo bem. Fiquei encantada com seu texto. <3
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Crislane! muito obrigada pelo seu comentário carinhoso. beijão!!!

      Excluir
  8. Lindo o texto, é emocionante ir lendo e percebendo como as citações o enriquecem. Amei!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Mari! muito obrigada pelo comentário tão significativo! beijos!!!!

      Excluir
  9. Oie! Tudo bem?

    "sempre estive muito ocupada na companhia dos meus livros" definiu minha vida moça! Amei o texto e as citações da Clarice! E essa citação então <3 "Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo." defini tudo que busco na escrita *--*

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, moça! que prazer poder definir sua vida! beijos!

      Excluir
  10. Lindo texto! Muito inspirado e sensível. Concordo que certas "coisas" não precisamos procurar, pois elas nos encontram. E que feliz encontro esse seu! Parabéns (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Buizel! sim...um bom encontro de dois! beijos!

      Excluir
  11. Oi!
    Lindo texto!
    Realmente a literatura tem poder na vida de uma pessoa.
    Minha vó sempre me incentivou a ler, e fiz o mesmo quando minha irmã começou a querer ler.

    ResponderExcluir
  12. Lindo o texto! Inspirado e sensível. Acredito muito que certas "coisas" não precisamos ir atras, pois elas nos encontram. E que feliz esse seu encontro com a leitura. Parabéns (:

    ResponderExcluir
  13. Que texto lindo e cheio de sentimentos. Os livros realmente nos levam para diversos lugares e nos dão a oportunidade de sermos de tudo um pouco. Uma experiência incrível e única.
    E história é igualmente incrível, parabéns.

    ResponderExcluir
  14. Olá! Sou fascinada pela mágica existente nas palavras. Como elas abrem portas, mostram outros caminhos, te fazem viajar, refletir. E o seu relato (pessoal?) Só vem confirmar algo que eu já sabia: a educação é uma necessidade básica e tem um poder transformador imensurável.
    Ameei! Obg por me proporcionar essa agradável leitura.
    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá! sim, Luana, é um relato pessoal. :)
      obrigada também a você por esse comentário tão lindo! beijos!!!

      Excluir
  15. Já acompanho sua história há alguns anos. É imensamente gratificante participar, direta e indiretamente, dessa formação.
    Não apenas pelo conteúdo, mas também pela forma, este texto apresenta a ótima escritora que você tem se tornado. Você superou todas as dificuldades e hoje tem condições de apresentar suas reflexões como muitas pessoas escolarizadas não têm condições. Você é muito especial! E tenho muito orgulho de ser seu amigo e leitor.

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Que texto lindo! Adorei as frases da Clarice.
    Confesso que eu não era de ler e comecei a ler apenas com 15 anos por conta de uma professora que nos mandou fazer uma resenha, desde então, não parei. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi! então sua professora marcou maravilhosamente sua vida...
      muito obrigada!

      Excluir
  17. Olá, tudo bom?
    Que texto lindo! Adorei a história, os sentimentos passados. Leitura enriquece a alma. Amei a primeira citação, escrever é uma arte. Adorei o texto, sério mesmo <3
    Até mais o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Felipe! tudo ótimo... mil vezes melhor agora depois de receber o seu comentário. muitíssimo obrigada! até mais! o/

      Excluir
  18. Olá!!
    Estou sem palavras e totalmente comovida por sua história. Pensei que estava lendo algo a respeito de um livro, e já estava amando, mas aí descubro que você descreveu a si mesma e sua história de vida. Você é uma guerreira!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Kaline! que lindo seu comentário. obrigada...

      Excluir
  19. Oie amore,

    Que lindeza de texto... OMGGG!!!
    Escrever é tão bom.. e libertador... continua a escrever... adorei ^.^



    Beijoka!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie! okay, Grazi, continuarei! obrigada! beijoka!

      Excluir
  20. Olá!
    Pode parecer clichê, porque muitos já falaram isso, mas adorei o texto.
    Não só os sentimentos que estão envolvidos, mas a história que foi contada. Consegui imaginar aquela criança com o quadro negro e ensinando a outra a ler. Muito inspirador.
    Realmente, ao escrever, você acaba libertando muitas coisas que as vezes estão presas dentro nós e precisam sair.
    Eu não escrevo, mas respeito muito quem tem esse dom.
    Parabéns pelo seu dom! =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Feliciity! obrigada pelo seu maravilhoso comentário!

      Excluir
  21. Que texto lindo! Clarice é sempre maravilhosa em suas citações. Em alguns trechos a sua escrita me lembrou a página do facebook Textos Cruéis demais para serem lidos rapidamente, caso não conheça, fica a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada pela dica Dayhara! com certeza irei pesquisar. muito obrigada pelo seu comentário!

      Excluir
  22. Oiii, como vai? Que texto sensacional! Amei demais e me emocionei com suas palavras! Escrever, colocar nossos pensamentos no papel, nossas ideias, nossos sonhos, é libertador, extraordinário. Ler e escrever para mim é algo tão indispensável, uma necessidade tão básica e essencial para a sobrevivência quanto respirar. E sinto que, quando leio, eu respiro melhor.

    Super beijooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada, Gabrielly! de fato, nos sentimos muito leve a cada inspiração que nasce. super beijo!

      Excluir
  23. Olá, tudo bem?
    Que texto maravilhoso!! Incrível ver uma história tão linda e inspiradora. Fiquei especialmente tocada ao perceber o vínculo entre as irmãs.
    A leitura é realmente uma forma de libertação. Nós viajamos através dos livros e nos encontramos nas palavras. E que linda a forma como você escreve!! Fiquei realmente encantada. Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Maria Luiza! muito obrigada!! beijos!

      Excluir
  24. Olá!
    Adorei o seu texto e me identifiquei muito com suas leituras: A Turma da Mônica e a coleção Vagalume. Ambas marcaram minha vida profundamente e sou super fã! Gostei de conhecer um pouco melhor suas experiências.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Milena! coleção Vagalume é perfeita! obrigada pelo comentário. beijo!

      Excluir
  25. É gratificante conhecer histórias assim. Adorei conhecer um pouco da sua por esse texto maravilhoso. Parabéns pelo dom!

    ResponderExcluir
  26. Oiii!!
    Adorei o texto. Ler é uma das melhores coisas que eu descobri na vida. Já consegui ajudar tantas pessoas a encontrarem livros que fizeram delas cada vez melhores. É por isso que sempre ando com um livro em baixo do braço. Um dia ainda quero me arriscar a escrever algo, tenho alguns rascunhos mais nada de concreto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiii, Cris! se arrisque então! obrigada! bjos!

      Excluir
  27. Excelente texto e com certeza inspirador. Através dele já posso perceber o quão boa escritora é. Suas palavras e o caminho que percorre com elas são completamente envolventes. Parabéns.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livreando, obrigada pelo carinho de suas palavras. :) bjim!!!

      Excluir
  28. Oi Elienae, como está?
    Achei o teu texto simplesmente belíssimo! Livros são simplesmente as melhores armas do mundo! Combatem a ignorância, o preconceito, o ódio, a tristeza, etc. Nos fazem pessoas mais livres e tremendamente mais felizes, mesmo que às vezes as leituras nos deem aquela boa bofetada de realidade.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá! tudo bem por aqui! que você também esteja bem! é verdade, por isso precisamos nos envolver mais com as transformações que só encontramos na leitura. muito obrigada!
      abraços e beijos, Lady!

      Excluir
  29. Olá!
    Que texto maravilhoso! ler e escrever é uma aliança para a cultura. Nos leva a explorar caminhos inexploráveis da nossa mente. ótimas escolhas nas citações.
    Parabéns pela postagem
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá! belo comentário, Nizete!
      obrigada, viu?!

      Excluir
  30. Olá, tudo bom?
    Fiquei emocionada com sua história, você é um verdadeiro exemplo de força. Além de toda a história fascinante de superação, fiquei apaixonada pelas referências e citações escolhidas, todos de ótimo gosto. Continue escrevendo pois você envolve e encanta através de suas palavras!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Pollyanna! tudo ótimo comigo espero que o mesmo seja contigo.
      emocionada estou eu ao ler seu maravilhoso comentário.
      muito obrigada!
      beijos!!

      Excluir
  31. Oie
    Q texto liiiiindo! Parabéns!
    Só digo uma coisa: não pare! Foi lindo, emocionante e reflexivo. As citações foram muito pertinentes, além de lindas. Clarice é Clarice.
    Parabéns!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie, Thais! sim, Clarice é CLARICE! rs... <3 ... não irei parar! muito obrigada! beijos!!!

      Excluir
  32. Olá, Eli

    Que texto inspirador! Uma história de vida, e até de amor, sem tirar nem pôr! É incrível como pequenas coisas, coisas que para a maioria das pessoas chegam a ser banais, podem conquistar quem vê a vida com outros olhos, quem espera mais do que talvez a vida estaria disposta a oferecer.
    Eu li muito gibi e os livros da coleção Vagalume! Pena que o cupim acabou com a minha coleção!
    Parabéns pelo texto! <3

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Tamires! que comentário lindo! obrigada! muito obrigada! <3 beijos!

      Excluir
  33. Olha eu preciso confessar que achei seu texto muito bem elaborado e bem escrito. Adorei a história dessa menina que foi crescendo através das suas leituras e aprendendo apesar de todas as dificuldades que passou. Meu Deus, eu fiquei encantada com tudo que você colocou. Espero poder ainda ler textos lindos assim outras vezes que passar aqui. PARABÉNS, porque você tem muito TALENTO!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2017/05/resenha-o-resgate-de-althea-2.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvana, espero também que você não deixe de nos visitar e ler nossos posts... suas palavras me encantaram! muito, muito, muitíssimo obrigada! <3

      Excluir
  34. Parabéns pela produção! Lindo testemunho que só vem fortalecer a importância da leitura na construção de nossas identidades. Abraços! Marluci

    ResponderExcluir
  35. Olá,

    Seu texto me deu uma enorme nostalgia, não tivemos uma infância parecida, mas você conseguiu me fazer lembrar do passado, do quanto era divertido acordar às 6 da manhã para assistir desenho na bad, do quanto conseguir pular elástico era bom. Quando criança, eu também amava os gibis da turma da Mônica <3 Era muito bom me perder por horas nessa história tão maravilhosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Thayenne... lembranças lindas hein? obrigada pelo seu comentário!

      Excluir
  36. Oiee tudo bem? que texto lindo! amei como soube se expressar, passa muito sentimento em cada palavra! as citações também complementam ainda mais <3

    Bjs

    ResponderExcluir
  37. Há se houvesse no mundo mais pessoas como você!
    Ler é tudo! Não consigo entender como algumas pessoas não gostam. Seu texto é inspirador <3
    Espero que você sempre consiga atingir várias pessoas com as suas palavras!

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oh Carolina! que coisa linda seus pensamentos! muito obrigada pelo imenso carinho!!! <3

      Excluir
  38. Olá!
    Fiquei encantada com seu texto. Não tive o prazer de sentir o que você escreveu com tanta força, mas ler mudou minha vida e acho que a de muitas pessoas também. Precisamos de mais seres como você nesse mundo.
    PS: Muito bem colocado os trechos de obras da diva da Clarice.
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Eu sei que mudei muito depois que voltei a ler. Sempre foi um vício na minha vida, mas que ia e vinha. Desde quando eu voltei a ler (e não parei), percebo um mundo mais diferente, mais colorido, mais apaixonante, mais imaginável. Amei teu texto! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que ótimo que você pôde se abençoar novamente com os livros, Júlia!
      obrigada! beijos!

      Excluir
  40. Amei o tu texto super inspirador e incrível .e os quotes da Clarice inspector ficaram perfeitos no meio.
    Vc me tocou muito com teu texto e vai tocar muito mais pessoas porq ficou perfeito
    O mundo precisa demasiado elienae no mundo parabéns.vc tem dom para escrita maravilhoso
    Não te conheço mas já te amoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Charlene! agradeço pelo carinho de suas palavras, obrigada mesmo! <3

      Excluir
  41. Olá
    Tudo bem?
    Que texto lindo.
    Eu tb acho que leitura só vem a somar, meus pais sempre leram mais eu nunca gostei, comecei a gostar de verdade nos quando fiz 19 anos e entrei para este mundo com crepúsculo depois disso não parei mais de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Amanda! nunca é tarde para se envolver com a leitura... parabéns! obrigada!

      Excluir
  42. Oiii flor,
    Adoreeei o seu texto, Você escreve muito bem!!
    Teve pedaços que eu sentia que você estava falando diretamente par mim! Amei!!
    Adorei também as frases que você escolheu para compor o texto! Parabéns!

    ResponderExcluir
  43. Mana, eu só tenho que agradecê-la por essa produção maravilhosa!! Vc abordou um tema atendendo um pedido que já venho te fazendo a algum tempo. Posso afirmar que seu encontro com os estudantes será inesquecível. Vc me deu mais do que um belo presente, alimentou a minha esperança de acreditar que através da sua história de amor pela leitura, muitos serão nutridos pelo desejo de se aventurar nas páginas de um livro. Além disso, também me fez recordar a sua chegada, sua infância e de como vc vem me ensinando e transformando a minha vida. Com muito encanto e verdade vc nos mostra o poder que a leitura pode ter sobre nossa vida. Sou uma protagonista da sua história e sei o quanto vc "caminhou" para chegar até aqui... rsrs...Sua vida sempre foi marcada por inúmeras superações. Um portador de mobilidade reduzida ou as pessoas do seu convívio, sabem muito bem o quanto pode ser desafiadora a vida fora e dentro da própria residência. Com muita determinação vc conquistou seu espaço, sem nunca ter desistido de lutar e perseverar diante dos momentos em que o mundo dizia não. Se vc não teve acesso à escola, a leitura foi sua melhor escola. Os livros te ensinaram , foram companhias, distração, amigos fiéis e inseparáveis. Como vc disse, a leitura te conduziu à liberdade... vc voou, conseguiu andar, correr e fazer viagens sem depender do tempo bom, da acessibilidade, da disponibilidade ou da disposição de alguém para te conduzir. A leitura tem conseguido fazer vc chegar onde muitos não querem tentar e nem ao menos desejar. Ela é fonte inesgotável de benefícios.... é democrática, inclusiva e acessível... A leitura também fez com que vc descobrisse que também pode brincar com as palavras e usá-las para deixar a sua marca no mundo e na vida das pessoas... Parabéns, mana! A sua vida é uma grande lição... Eliane 💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞💓💞

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... 😿💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💖💕💓💙💚💛💜💝💞💞💟💟💟💟💟💟💟

      Excluir
  44. Oiee Elienae ^^
    Que texto mais liindo! Adorei, principalmente a frase final, me deixou até arrepiada...haha'
    Incrível o que a fome por aprender faz com a gente, né? O desejo de estar sempre praticando o que sabemos para não esquecer, e a vontade de saber ainda mais e de compartilhar esse saber com alguém. Adorei o texto.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie, Dryh! sim... a fome por saber não tem controle rs... ainda bem neh? obrigada! ♥♥

      Excluir
  45. Olá!
    Ler é abrir os horizontes e fazer enxergar coisas além da escrita. Escrever é a melhor forma de se expressar e colocar todos os seus sentimentos a vista do leitor.
    Amei o texto.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  46. oie, história linda e lindo ainda mais ver sua força de vontade e dessa irmã que lhe ajudou. As palavras realmente fazem a diferença, e nos permitem viajar por muitos mundos, e me identifiquei muito com suas leituras, pois também li clarissa, meu pé de laranja lima, dentre vários outros.

    ResponderExcluir
  47. Que lindo seu texto, eu como educadora amei demais, ler realmente nos abre portas, horizontes, amplia a nossa mente e a nossa imaginação, enquanto eu puder ler eu o estarei fazer e passarei isso para o máximo de pessoas que puder.

    ResponderExcluir
  48. Nossa que texto maravilhoso e ainda por cima revelador. Parabéns pela foca de vontade e perseverança na vida. A educação e a leitura são mesmo libertadores. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥