12 maio, 2017

Resenha Jantar Secreto


"Diga-me o que tu comes Que te direi quem és."
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 360

O enredo se desenvolve em torno de 4 amigos: Miguel, Hugo, Leitão e Dante. 
Miguel é médico residente.
Hugo um chef de cozinha que não obteve sucesso.
Leitão é obeso e sua vida se resume a pedir comida por telefone e ficar agarrado no video-game e computador o dia todo.
Dante apesar de ser formado em administração não consegue arrumar emprego na sua área e trabalha como atendente numa livraria.

Como num bate papo, Dante começa a contar sua história desde o princípio, quando era um rapaz ingênuo que passou no vestibular e partiu rumo ao Rio de Janeiro, com o sonho de ganhar o mundo.
Sabe aquele clichê de sair do interior e ir pra cidade grande em busca de vida melhor? Isso foi o que impulsionou Dante e os amigos. 

Mas nem tudo são flores, os planos mudam, a vida toma novos rumos, uns desistem, outros desviam, alguns se acomodam.
Com dificuldades financeiras, prestes a serem despejados depois que Leitão desviou o dinheiro do aluguel para pagar uma prostituta, Cora, por quem se apaixonou e encontrava todo dia, a única alternativa que tinham era voltar pra casa e pedir arrego...coisa que, para alguns, o orgulho não permitia de forma alguma. 
Então, após conhecerem o enigma da carne de gaivota através de Dante, Hugo teve uma ideia pretensiosa para ganhar uma bolada num curto espaço de tempo fazendo jantares privados onde a verdadeira iguaria seria nada mais nada menos que carne humana. 
Em período de miséria sai ganhando quem investe certo...
Mais uma vez o autor me surpreendeu e me chocou com sua narrativa crua e visceral, numa história arrepiante e bem esquematizada provocando uma tensão psicológica angustiante.
Os personagens foram bem construídos, com personalidades distintas partindo do inteligente e sensível ao engenhoso e dissimulado. Preciso dizer aqui que não simpatizei com nenhum deles, foram magnificamente caracterizados, mas por mais difícil que estivesse a situação existiam outros meios...só que o simples prestígio de morar bem e até mesmo manter alguns luxos faz com que eles passem por cima de princípios e optem pelo mais 'fácil', o que dá retorno imediato, choram seus atos e a aniquilação do caráter imaculado mas ainda assim continuam praticando. Inclusive durante a narrativa o autor nos sugere esse questionamento: até que ponto você iria pela sua sobrevivência?
Toda ambientação descrita, desde as ruas do Rio de Janeiro, os apartamentos onde os jantares eram feitos, ou o abatedouro humano foram ricamente detalhados e  de forma crível e meticulosa.
A parte do matadouro clandestino e da caça humana é enfadonha, narrado com uma precisão magnífica e chega a dar medo, é aterrorizante.
A narrativa é feita em primeira pessoa, vemos todo o  cenário pelos olhos de Dante, então quando chegou a hora das revelações, eu realmente fui surpreendida.

Pensei que mais uma vez eu fosse favoritar um livro do Raphael, todo o desenvolvimento vinha muito bem, mantendo a trama num ritmo contagiante, verossímel, bem bolada...mas quando o desfecho foi chegando e as coisas começaram a se encaixar e tomar rumo, a criatividade do autor aflorou demais, ele pesou a mão e exagerou, tornou tudo muito fantasioso com uma carnificina surreal. No entanto, ainda assim ele conseguiu mais uma vez me surpreender por conta de seu final nada convencional. É o terceiro livro que leio dele, e o segundo onde encontro um final irreverente, é fato que nem todos os leitores gostam, mas eu gosto dessa ousadia desde que tudo seja explicado e se encaixe na narrativa.

Enfim, o enredo foi bem arquitetado, supriu minhas expectativas apesar da simples ressalva. Indico para quem gosta de um suspense, pra quem gosta de histórias sangrentas e perturbadoras, e principalmente pra quem tem estômago forte.
Qual é o problema? O mundo tá em guerra, todo mundo se odeia. É natural que uns devorem os outros.


Avaliação:




O Autor:


Nasceu em 1990, no Rio de Janeiro. Advogado e escritor, publicou contos em diversas antologias de mistério, inclusive na Playboy e na prestigiada revista americana Ellery Queen Mystery Magazine. Suicidas (Saraiva), romance de estreia do autor, foi finalista do prêmio Benvirá de Literatura 2010, do prêmio Machado de Assis 2012 da Biblioteca Nacional e do prêmio São Paulo de Literatura 2013.








33 comentários

  1. Assim que vi a capa tive aquela sensação de dejavú mas foi apenas um equivoco, a capa e a narrativa me remeteu imediatamente ao seriado Santa Clarita Diet que trata da temática de comer carne humana mas de uma forma diferente.

    memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. livro do autor é sempre bem comentado, ele é um mestre dos suspenses
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já decidi que conhecerei a escrita do autor este ano, mas nãos erá por este livro, porque realmente, essa premissa me deixa enjoada.
    Adorei a resenha
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Rapha está ganhando cada vez destaque e apesar de algumas críticas negativas ele supera as expectativas nesse novo livro!

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas ele está na minha lista de leituras. Apesar de não curtir muito o gênero decidi expandir meus horizontes e tenho ouvido falar tão bem desse livro que decidi conhece-lo melhor. Confesso que suas ressalvas me deixaram com medo, mas sabe o que dizem "Se der medo vai com medo mesmo"? Vou tentar, espero que eu consiga finalizar a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oii, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler as obras do Raphael, ainda mais depois de descobrir que jantar secreto vai virar filme. Só ouço elogios as obras dele e depois de ver que você chamou de "carnificina surreal" uma parte da obra, fiquei mais curiosa ainda kkkk
    Espero poder ler em breve

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Ainda não tive nenhum contato com a escrita do autor, mas estou louca para ler tanto Jantar Secreto quanto Dias Perfeitos! Sempre que vejo alguma postagem sobre ambas, são vários elogios aparecendo em cascata nas resenhas.
    Adorei saber que você foi surpreendida mais uma vez com a escrita do Raphael e sua resenha me deixou ainda mais animada para conhecer um pouco mais sobre esse jantar nada convencional.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Eu já conheço o autor de outra obra (O Vilarejo) o qual eu amei de mais. Vi esse livro e quando acabei de ler a sinopse fiquei mais que empolgado para ler (ainda estou) e espero poder comprar a obra física e breve. Ele lançou um Book Trailer bem bacana com uma baixa produção que wu fiquei mais fascinado rsrs. Adorei a resenha e até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Quero! Definitivamente ainda lerei esse livro esse ano, amei a trama, amei que o autor é nacional, sua resenha está maravilhosa e quero esse livro para mim!

    ResponderExcluir
  10. Ainda não tive o prazer de conhecer a escrita do autor, mas é um daqueles que tenho quase certeza que vou ler e amar.
    Estou ansiosa pela leitura.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  11. Oie tudo bem!? Olha confesso que não li esse livro ainda. Mas eu adoro o Rapha. Os outros 3 livros são sensacionais, bem pensados e com uma escrita alucinada.
    Suicidas para mim, continua sendo a melhor obra dele.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Ganhei esse livro de presente de natal e pretendo lê-lo no mês de Outubro.
    Adoro as narrativas de Raphael Montes e parece que é uma marca dele criar personagens intragáveis. Espero gostar desse livro tanto quanto gostei de O vilarejo e Suicidas.
    Parabéns pela resenha =)

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?

    De todos os livros do autor esse é o único que realmente chama a minha atenção para realizar a leitura dele, por todas as criticas que li tenho certeza que amarei a obra e o jeito que o autor desenvolveu o história!

    Bjss

    ResponderExcluir
  14. Não é muito meu estilo mas acho que devem ser livros angustiantes para quem gosta do gênero. O que nesse caso, é bom!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  15. Já me disseram que o livro é para quem tem estômago forte e eu quero muito lê-lo. Esse livro vem recebendo ótimas críticas de todas as partes e tem tudo que curto numa narrativa.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Raphael Montes é um dos autores nacionais que mais quero conhecer. Muitos leitores elogiam sua escrita, e eu não vejo a hora de conhecer.
    Pelo que vejo, o livro é recheado de cenas chocantes e isso me deixa ainda mais curioso, pois gosto de histórias pertubaoras.
    Uma pela o autor ter se excedido no desfecho, mas acho que isso não prejudica a qualidade da obra.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Oiiie!

    Adorei a resenha e fiquei louca para o livro!! Já adicionei à lista

    Beijos!

    http://leelerblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Ainda não li nada do Rafael, mas só ouço maravilhas a respeito dos livros deles.Quero muito ler Dias perfeitos dele e com toda a certeza este também.
    Parabéns pela linda resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Não li nada do autor ainda, apesar de morrer de vontade. Este livro tem elementos que eu gosto, como o suspense sem falar na habitação da história em uma cidade brasileira. É como fazer um turismo sem.sair de casa.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  20. Oi, Paty
    Eu tenho muita vontade de ler algo do autor. Ouvi quase todos falarem que o autor exagerou mesmo um pouco perto do desfecho, mas acho que no fim o livro vale a pena.
    Ainda não tinha visto esse booktrailer acredita? Amei haha

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  21. Olá
    Preciso ler algo do autor urgente, e estou bem animada com esse livro, fiquei super curiosa com a 'carnificina surreal' quero saber com foi o negócio XD.

    ResponderExcluir
  22. Oi tudo bem,
    Eu não gostei de dias perfeitos, mas em compensação adorei Jantar Secreto, kkkk Não me incomodei da carnificina porque acho que se na história depois do açougue lá, aquilo seria o minimo, kkkkk
    beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Pequena que o livro não atendeu todas as suas expectativas. Infelizmente vou deixar a dica do livro passar, pois a leitura não faz meu estilo. Como vc própria disse é um livro para quem curti histórias sangrentas!! Rsrs
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  24. Oiiii tudo bem??

    Amo o autor e suas histórias, eu já li alguns e tenho todos na estante, prometo ler logo em breve este.
    Pena que o final desandou um pouco, mas adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Eu li O Vilarejo e me surpreendi bastante com a ousadia e destreza do autor em construí cenários de pura maldade vinda do instinto ou simplesmente da crueldade humana e não acho que ele tenha uma fórmula para o que escreve, mas elementos que fazem parte de suas características autorais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Me lembrou Hannibal, haha! Já ouvi falar da obra, mas ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura. Tenho que conferir essas história logo!!!

    ResponderExcluir
  27. Gente, que booktrailer é esseeeee?!
    Eu já vi muitas divulgações desse livro e vários comentários sobre a escrita do autor, mas não fazia ideia de que a trama era tãão pesada. Não sei se eu aguentaria até o final, mas fiquei muito curiosa para saber sobre o desfecho da trama. O modo como tudo começou foi bem bizarro, quero ver como tudo vai acabar.

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Esse livro está na minha meta de leitura, apesar de ainda não ter comprado... Lendo a sua resenha vejo o quão fascinante ele é e vou amar ler.
    Adorei a resenha, parabéns.
    Nizete
    Ciado Leitor

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia o livro, fiquei bem interessado parece ser muito legal.
    Amei sua resenha, muito bem escrita.
    Alias que capa linda.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  30. Oi
    Tudo bem.
    Li um livro do autor e gostei não achei tudo isso .
    Mais este livro me deixa com muita vontade a começar pela capa do livro já nos dá uma idéia do que nos espera e para quem gosta desse tipo de literatura, é excelente. Eu gosto muito de thriller e suspense e esse me parece ser do jeitinho que gosto. Mas comer carne humana, já está um pouco demais para mim. Só de pensar já me embrulha o estômago. Imagina então, reservar lugar para isso. Não, não mesmo. Mas quero ler o livro.

    ResponderExcluir
  31. Oi Paty.

    Eu tenho este livro na lista de desejados e ainda não conheço nenhum trabalho do Raphael. Lendo sua resenha que fiquei com a curiosidade ainda maior pela história e não vejo a hora de tirar minhas próprias conclusões dela. Gostei bastante da sua opinião.

    Bjos

    ResponderExcluir
  32. Adicionei este livro aos desejados por saber da produção de uma adaptação para ele. Costumo adicionar assim sem saber detalhes para que me surpreenda na leitura. Sua resenha está incrível e despertou mais interesse em mim. Será minha próxima aquisição.

    ResponderExcluir
  33. Olá!

    Ainda não tive o privilégio de ler algo do Raphael, mas essa parece ser uma ótima leitura, só preciso ter estômago!

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥