06 outubro, 2017

Resenha: A Garota do Lago

"Dizem que não é o crime que abala as pessoas...Sim. Esconder a verdade."
Autor: Charlie Donlea
Editora: Faro Editorial
Páginas: 296

Duas vidas e uma tragédia em comum, um crime bárbaro em meio a quietude, uma incansável investigação sem um fio condutor, várias suspeitos e nenhum indício, segredos enigmáticos para decifrar e... Terminou? Não! Some  a esses elementos as emoções viscerais que a leitora vivenciou: adrenalina, batimento cardíaco frenético, intuições duvidosas, confusões interrogativas, curiosidades exacerbadas diante de páginas indecifráveis.

Tentei expressar as chacoalhadas que Charlie Donlea causou-me, e como me surpreendi não só por se tratar de um excelente mistério, mas, principalmente saber que esta trama foi sua primeira publicação.

Alguns segredos devem ser mantidos.

O título original de A Garota do Lago, é Summit Lake, que é exatamente o nome do pequeno e acolhedor vilarejo onde acontece o assassinato da universitária Becca Eckersley. Por conta da aparente tranquilidade, a comoção gerada pela fatalidade se instala e abrange outros locais e pessoas, mobilizando moradores, curiosos de plantão, policiais, repórteres etc.
Entra em cena também a jornalista investigadora Kelsey Castle, que mesmo relutante, por conta de problemas pessoais, obedece a ordem de seu chefe seguindo rastros as escuras sobre o crime. Sem nenhum lampejo que exponha tal brutalidade, a jornalista, descobre um forte elo entre ela e a vítima, e nisso sua sagaz investigativa se fortalece a fazendo, sem reservas, perscrutar o profundo mistério, totalmente obscurecido pelo silêncio das famílias e amigos. Contudo nada a intimida, seu alvo é buscar a verdade, trazer à tona os segredos por trás de um homicídio inquietante.
Meus segredos são tudo o que me resta. 
A trama é dividida em quatro partes, explanando a história com muitos monólogos em terceira pessoa e poucos diálogos entre os personagens, contudo, os capítulos são curtos, impedindo enfados, mesmo porque a fluidez da narrativa é vibrante e constante, aguçando muitíssimo a curiosidade de tantas surpresas e mistérios que se formam em um extenso zigue-zagues de dominós, aguardando que a qualquer momento um leve toque faça a verdade manifestar. Por muitas vezes me perguntava: “Afinal, quem é o assassino?! Eu tinha certeza que era esta pessoa!”. A causa disso se deve ao desenvolvimento sincronizado entre o passado de Becca com o presente de Kelsey, e por conta disso, me senti assistindo muitas pistas, enquanto que a própria investigadora permanecia no escuro, sem provas, tendo apenas muitas desconfianças. Isso me causou um grande frenesi, misturados a uma louca vontade de entrar no enredo para cooperar com as investigações, porém, a cada nova charada do autor, mais ansiosa ficava e menos suspeitos eram eliminados. Esta evolução fascinante só aumentou minha ansiedade, porque, nunca vi um autor esconder tão bem um segredo, a tal ponto de me sentir frustrada como investigadora.
A finalização obviamente foi magistral, sem nenhum resquício de ganchos soltos, porém, só uma decepção ficou nítida para mim: a tristeza de saber que muito terei que aguardar para que uma nova obra de Charlie Donlea seja publicada no Brasil rsrs.

É elementar, meus caros Watsons, que diante de minhas emoções sem segredo, estou super indicando a leitura e aprovando o mais novo mestre do suspense policial.
Você pode utilizar um cupom de desconto para adquirir o livro: AQUI.


Avaliação:


O Autor


Charlie Donlea vive em Chicago com sua esposa e dois filhos. Um de seus hobbies é pescar em lugares praticamente desertos do Canadá. Essas viagens por estradas paradisíacas inspiraram o cenário para o seu livro de estreia. Ávido leitor, é também apaixonado. Quando decidiu escrever seu primeiro livro, ele se preparou para produzir algo como tudo o que gosta de encontrar nos seus filmes e livros prediletos: uma história capaz de deixar o leitor refletindo sobre ela por muito tempo.




3 comentários

  1. a trama é interessante, vejo vários pontos positivos, mas é que não me atrai por agora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Elienae,
    Parabéns, adorei a resenha deste livro, e fiquei curiosíssimo pra conhecê-lo, curti mesmo tua resenha. É por isso que sou leitor do blog, vocês faz só resenhas top!
    Continue assim. Um abração, Dieison, do Rio Grande do Sul.

    ResponderExcluir
  3. Ahahahah mais um que eu queria ler, depois dessa resenha show né ..... Gosto muito desses suspenses investigativos...
    Pena que eu fico só no querer...

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥