29 dezembro, 2017

Resenha: Entre as Estrelas

"O lugar perfeito não depende de um regime político ou de um movimento filosófico. Depende disso, depende de nós."
Autora: Katie Khan
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 280
Imagine se em algum momento de nossa vida fossemos atingidos por um inesperado e medonho contratempo e por conta disso, fosse nos dado noventa minutos de vida. O que faríamos com tão pouco?  Será que conseguiríamos abrir mão de culturas e ideais em nome do que simplesmente nos satisfaz? O livro de estreia de Katie Khan conseguiu por meio da simplicidade, estremecer minhas opiniões, extrair e expor na dose certa reflexões sobre tudo o que envolve relacionamentos, passageiros ou não, amizade, família, escolhas e tudo o mais que nos envolve.
Você é diferente, e isso faz com que eu pergunte se também posso ser. 
Num universo futurista, após trocarem mensagens virtuais, Carys e Max tornam-se amigos, até surgir o inesperado primeiro amor. Esse efeito traz surpresas, não por falta de reciprocidade, mas pelo receio de serem descobertos pelo governo de seu país. Como assim? Dentre tantos regimes, a humanidade é obrigada a respeitar e seguir leis estranhas e sem sentido, uma delas é a Regra dos Casais, que impede relacionamentos sérios antes dos 30 anos. Sendo assim, a banalização de sentimentos toma a todos! Não há mais afetos, sequer compaixão e lealdade com o próximo. Sob a regência que segundo Max: “Fazemos o que queremos não o que devemos fazer”, ambos decidem contrariar as opiniões contrárias de familiares e amigos, carregadas de egoísmos.

Numa missão espacial, ambos de repente descobrem ter apenas 90 minutos de oxigênio. Num turbilhão de emoções, segundos e minutos, Carys e Max relembram fatos importantes que passaram, dentre elas erros e acertos são avaliados e confessados, verdades antes silenciadas são postas diante do pânico em que estão. Numa corrida contra o tempo buscando uma saída ou o resgate, várias escolhas e interrogações começam a vagar pelas suas mentes naqueles angustiantes minutos a deriva... Haverá tempo para lutar? O amor vencerá o maior e implacável inimigo chamado Tempo? Somente os minutos finais poderão responder.

O livro tem três partes, intercalando entre passado e presente de Max e Carys, lutando por seus sonhos e sobrevivência. A autora não focou somente no romance, ao redor do Love Story, há um país futurista, nada fictício, totalmente indiferente ao bem estar humano, mesmo que seus lideres digam o contrário. No transcorrer da narrativa, é perceptível que se trata de governo autocrático, porém, as tecnologias futuristas não fazem parte de nossa realidade, entrementes, as descrições são simples e bem explicativas, sem causar enfado. Tanto o narrador na terceira pessoa, como os personagens principais e secundários fazem uso de monólogos e diálogos informais e expressivos. Sobre o encerramento, lhes digo que a autora conseguiu me surpreender bastante, mesmo que eu não aprecie muito os gêneros apresentados, mas, sua inspiração me trouxe uma mistura de confusão, revolta, indignação e receios de que talvez a decepção iminente viesse. Para mim, o frisson na leitura é primordial! Khan demonstrou-me que veio munida de simplicidade, sem pieguices e clichês, selando a trama com coragem, determinação e sensibilidade. Melhor? Impossível!

Apesar das impressões vibrantes, não me apaixonei e nem fui jogada ao chão pela leitura, mas, com sensatez constato que a obra foi bem escrita, principalmente pelo fato de ser o primeiro filho de Khan. Enfim, fica a dica!



Avaliação

A Autora


Katie Khan nasceu em Londres. Formada no aclamado curso de Produção Literária de Faber Academy, trabalhou durante dez anos no Paramount Pictures no Reino Unido, onde chefiou o departamento de Marketing Digital. Entre as Estrelas, seu livro de estreia tem lançamento previsto em mais de vinte países ao redor do mundo. Saiba mais em katiekhan.com





2 comentários

  1. Que interessante suas observações sobre esse livro, não conhecia o título. Mas gostei do que li aqui. Valeu pela dica. 😘😘😘😘

    Leituras, vida e paixões!!,

    ResponderExcluir
  2. Hum.... Parece boa história pra filme.. rs

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥