22 dezembro, 2017

Resenha: O Casamento


'...para ter sucesso, você tem que conseguir armas para fuzilar seus adversários'
Autor: Victor Bonini
Editora: Faro Editorial
Páginas: 368
Solicitei esse livro para editora depois de receber um elaborado convite de casamento que me deixou com altas expectativas, e você vai saber no final dessa resenha se toda minha ansiedade e tensão foram sanados.
Mas já logo aviso, que não terá muitos detalhes sobre a história em si, pois quando se trata de um romance policial todo cuidado é pouco.

Essa história começa no capítulo 0,  que é quando ficamos sabendo que não terá casamento porque algo trágico aconteceu. 
E então, a partir daí, voltamos no tempo dois anos antes do casamento, numa narrativa em 3°pessoa e conhecemos Diana(a noiva), uma universitária 'rejeitada', sem amigos, que conheceu Plínio(o noivo) de forma bem peculiar, eu diria ....
A partir daí temos uma narrativa não linear  que vai nos apresentando cada fato da história formando um verdadeiro quebra-cabeça num emaranhado de informações.

Então temos um casamento, uma ameaça, uma chantagem, um adultério, várias pistas, muitos suspeitos, inúmeras dúvidas...e essa leitora aqui, perplexa, com cara de tacho e sem fôlego ao chegar no desfecho dessa trama muito bem elaborada, desenvolvida, precisamente amarrada e bem escrita.

São muitos os personagens desse enredo, e cada um(até mesmo os secundários) foi inteligentemente construído e caracterizado de forma convincente e engenhosa.
A maior parte da ambientação é num hotel fazenda, local onde todos os convidados estarão hospedados por um período de 4 dias para o evento.

Além de cada capítulo ser intitulado, ele vai  nos situando no tempo, então o fato de não termos uma ordem cronológica, não dificultou, atrapalhou ou confundiu  o entendimento do texto. Apesar dos capítulos serem longos, são subdivididos, então isso traz mais  leveza e fluidez a leitura.
O livro também é dividido em 4 partes: A Solenidade, A Arrumação, Felizes para Sempre e Até que a Morte nos Separe...essa divisão me deu uma boa ideia da direção que a história tomaria.

Com uma diagramação impecável e belíssima, o livro de Victor Bonini traz um enredo cheio de mistério, e só se você for um  verdadeiro Sherlock Holmes vai captar as pistas e desvendar a trama. Eu admito que fiquei zonza e suspeitei de vários personagens conforme ia colhendo minhas pistas, e ficava feliz achando que finalmente eu tinha desvendado a situação....mas não cheguei nem perto de solucionar o caso. 
O Casamento superou minhas expectativas, e só demorei um pouquinho pra terminar a leitura porque senti um desconforto com a fonte.

Victor Bonini é autor também de Colega de Quarto, publicado pela Faro Editorial, e depois de toda adrenalina sentida nesse enredo é claro que minha ansiedade está a todo vapor querendo consumir mais da criatividade e talento desse autor que mostrou sua engenhosidade em romances policiais.

E pra finalizar, eu desafio você a desvendar o mistério desse casamento e solucionar o caso do assassinato.


Avaliação:

O Autor

Victor Bonini nasceu em São Paulo, morou em Vinhedo, interior do estado, e voltou à capital aos dezoito anos para cursar jornalismo. Sempre lhe perguntam se, ao longo da vida, havia indícios de que seria um autor de mistério. Aos sete anos, escolheu o filme Pânico como tema da festa de aniversário. Na adolescência, devorou todos os livros policiais e de terror que pôde encontrar. Na universidade, seu elogiado trabalho de conclusão de curso, em parceria com Mariana Janjácomo, foi um livro sobre o caso Pesseghini, apresentando vários aspectos do crime que chocou o país em 2013. O trabalho não foi publicado a pedido da família das vítimas. E aos vinte e dois anos, quando lançou seu primeiro livro, Colega de Quarto, pela Faro Editorial, ele finalmente entendeu que escrever é a forma de dar vazão a debates internos sobre a lógica de crimes e a mente dos psicopatas — pensamentos que o assombram como ideias para a ficção, querendo emergir. Victor passou pelas redações da GloboNews, TV Gazeta e Revista Veja. Atualmente é repórter da TV Globo, em São Paulo.




Um comentário

  1. Pois é amiga, também li e me surpreendi com esse livro ano passado. Não cheguei nem perto de desconfiar a verdade e fiquei besta qnd ela foi revelada. Do babado!!!
    Adorei seu texto e ao meu ver p, textos assim são bem mais legais que aqueles que ficam detalhando a história. Parabéns pela leitura e pela resenha. Esse autor é maravilhosos mesmo. Já li os dois livros dele e gostei de ambos. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥