08 março, 2018

No Mês das Mulheres Leia essas Autoras




Hoje é dia internacional da mulher, e por isso esta semana só teremos mulheres em todos os posts. 
Nesta semana especial, estamos liberando posts com indicações de livros, filmes e séries onde mulheres guerreiras, incansáveis, batalhadoras são o destaque.
Na terça-feira saiu post sobre a série Juana Inés, disponível na Netflix, onde mostra a luta da mulher por espaço no século XVII.
Na quarta-feira continuamos com mais uma série, The Bletchley Circle, tendo como plano de fundo a Segunda Guerra Mundial(pós) e 4 mulheres fortes e empoderadas numa época onde grande parte das mulheres só cuidavam do lar, imaginem quanto machismo encontraram!!

E hoje, eu quero indicar 5 autoras incríveis, que de alguma forma abordam em seus textos os desafios, os obstáculos, as dificuldades, o preconceito, a discriminação e a luta pra se conseguir um espaço na sociedade.

Charlotte Bronte


Em seu romance Jane Eyre, a autora mostra que está além do seu tempo fazendo críticas, explorando sexualidade e retratando a emancipação da mulher mostrando como podem trabalhar e ser independentes. Eu sou apaixonada por esse livro, não fiz resenha dele, mas no IG @tryicia tem uma série de posts com trechos e comentários sobre o projeto de leitura que fiz com ele. Pra facilitar a busca procurem pela #domingoédiadelerclássico.






Margaret Atwood




Conheci a autora por conta da série The Handmaid's Tale, e só esse ano fiz a leitura do livro O Conto da Aia. O livro é incrivelmente bem elaborado, com uma história assustadora sobre opressão, perda da independência e individualismo. Tem resenha dele no blog.







Chimamanda


Em seu livro Sejamos Todos Feministas, a escritora nigeriana relata parte de seu discurso que ganhou notoriedade ao falar sobre machismo e desigualdade de gêneros de forma simples, direta e fácil. O ebook está gratuito na Amazon.







Marjane Satrapi


Um HQ onde através da autobiografia de  Marjane conhecemos um pouco sobre a cultura iraniana, acompanhamos toda opressão sobre a mulher e a perda de sua liberdade, e vemos seu mundo de virar de cabeça pra baixo.
Com muita ousadia e humor Marjane nos apresenta de forma simples o extremismo religioso, conflitos políticos e a discriminação sobre as mulheres iranianas que tinham que andar cobertas da cabeça aos pés, não podiam namorar, usar maquiagem e nada que lembrasse a cultura ocidental. 


Sue Monk Kidd


Já falei de Sue Monk e de A Invenção das Asas em outras ocasiões, e sempre que posso trago o livro à tona porque insisto que vocês devem conhecer essa história, principalmente se tem interesse por assuntos como racismo, discriminação, escravidão, início de manifestos feministas e a busca da mulher por independência. Numa narrativa que mescla ficção e realidade, a história é emocionante e comovente, mostrando uma mulher branca e uma negra trilhando um longo caminho em busca de liberdade. Tem resenha dele no blog.



São livros com história bem diferentes mas todos têm a mulher como foco. São livros excelentes, que devem ser lidos,desfrutados e refletidos.





Um comentário

  1. ótimas dicas, vários desses estão na minha lista de desejados
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥