15 março, 2018

Quoteando A Mulher na Escada

"Para ser jovem, é preciso sentir que tudo o que deu errado, tudo o que foi desperdiçado ou quebrado, vai se acertar em algum momento."

Em Frankurt, um jovem advogado recebe em seu escritório um bizarro triângulo amoroso que luta insanamente pelo direito de posse de uma tela chamada A Mulher na Escada. Entre guerras e tréguas, ele descobre que o trabalho acarretou surpresas, decepções e perigos em sua vida e profissão.
Ao lado esta a tela Ema (Ato numa escada) de Gerhard Richter.

Muitos anos depois ele agora é um senhor, e em uma visita no museu da Austrália, reencontra a tela, a mulher e os ressentimentos que outrora deixaram doloridas cicatrizes, retomam com força a partir desse reencontro. Reflexões, descobertas e mudanças inesperadas começam a aflorar em sua essência, libertando-o de prisões iniciadas desde sua infância, passando pela vida adulta até o encontro com esta figura feminina e enigmática... 

Compreendi as questões envolvidas, os ensinamentos e as reações humanas que o autor elaborou e administrou em seu protagonista. Desde o início o romance pareceu-me interessante, mas, a partir da segunda parte, o livro para mim perdeu o rumo e começou a ruir lentamente, até se tornar uma leitura morna e com personagens secundários nada convictos, sem emoção, mesmo se tratando de sentimentos intensos.

Aprecio demais história sobre relações humanas e suas metamorfoses ambulantes, repletas de dores, evoluções, aprendizados e alegrias viscerais, entretanto, não consegui me envolver por completo com a obra de Bernhard Schlink, mas, alimentei-me de várias citações significativas que me conduziram até o fim dessa leitura de apenas 210 páginas.

Então, deixo aqui os quotes e esta dica de leitura, quem sabe você consiga apreciar mais esse lançamento do mesmo autor de O Leitor! Pois até a adaptação cinematográfica deste para mim não funcionou.
"Talvez se aprenda mais sobre mulheres e amor quando se tem mãe e irmãs."
"Quando o 'eu te amo' não soa bem, deve-se calar a boca. Mas a boca transborda o que inunda o coração."
"Não importa onde se esteja, a vida cotidiana não é só felicidade e desgraça, justiça e injustiça, mas existe beleza."
"O primeiro risquinho no carro novo dói bem mais do que os futuros maiores."
"As grandes e antigas derrotas levam nossa vida para uma nova direção. As pequenas não nos modificam, mas nos acompanham e nos atormentam, um pequeno espinho permanente na carne."
"Talvez quem viva numa bolha realmente enxergue o mundo lá fora como um clichê."


Um comentário

  1. adoro trechos, sempre mostram um pouco mais da história

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar,a sua opinião é muito importante. Agradeço a sua visita.


Leituras da Paty - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥